Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Viagem com casal amigo

  • Enviado: 11 de outubro de 2013 11:43

Corpo do conto

Dia 1
Olá, vou me descrever. Sou oriental, 1,55m e 40kg. Não sou malhada, mas não tenho barriga e tenho uma bunda, nada reta. Na época havia acabado de terminar um namoro de 3 anos e estava na pior. Um casal amigo meu iria para uma praia no Nordeste, e me chamaram pra ir junto pra ver se me animava um pouco. Concordei, depois que minha amiga insistiu muito comigo. Éramos amigas há anos, e convivia muito bem com seu marido.
Chegamos à pousada, onde ficamos em quartos próximos porém não vizinhos. O andar era em formato de “L”. Já era de noite, então ficamos na piscina mesmo. Vesti o 1ro biquíni que peguei, que nem era muito pequeno, e fui. Minha amiga e seu marido chegaram depois. Ela sempre foi muito bonita, mas nunca havia prestado atenção nele (nem ele em mim). Vi um homem normal, de seus 30 e tantos, em forma mas nada excepcional. Ela usava um biquíni de amarrar e ele estava de bermuda. Ficamos um pouco na água e depois nas cadeiras deitados de papo. Só havia a gente naquela noite.
Num momento ele foi buscar umas bebidas e ela disse que precisava ligar a uma colega do trabalho pra ver umas coisas então fiquei sozinha deitada de bruços e de costas pra quem vinha da pousada. Acho que cochilei um pouco da viagem, pois acordei escutando minha amiga ao seu marido:
-Ué, tava aí parado no meio do caminho?
-Nada, amor. Tava vendo se tinha pego tudo.
Não entendi nada, mas nem perguntei também. Ficamos ali mais um pouco e voltamos a nossos quartos combinando de acordar cedo pra irmos a praia.
Depois do banho estava na cama, quando escutei meus amigos conversando no quarto deles. O formato da pousada fazia isso. Ri sozinha escutando eles conversando sobre trabalho e a viagem até que dormiram.
Acordei cedo no dia seguinte e coloquei um biquínipreto que tinha comprado pra viagem. Mas quando vesti vi que ficava menor que havia imaginado. Mas gostei dele no espelho. Ficava bem cavado e acentuava meu corpo clarinho. Afastei os lados pra ver se a depilação estava ok, e estava bem lisinha. A parte de cima cobria só os mamilos e mais um pouco. Olha, estava gostosa.
Meus amigos já haviam ido pra praia, então tomei meu café e fui encontrar com eles.
Quando cheguei, minha amiga me olhou e exclamou: “Nossa! Que gata é essa amor?”. Fiquei sem jeito e o marido dela também, mas percebi uma secada mais forte dele em mim. Sentei na areia e ficamos os 3 conversando. Uma hora o marido dela foi pra água e me peguei secando a bunda dele, bem bonita. Minha amiga nada percebeu, tanta a empolgação da praia.
Minha amiga e eu passamos protetor uma na outra enquanto ele ficava na água. Um pouco depois ela saiu, dizendo que ia combinar um passeio na pousada e que eu avisasse seu marido.
Quando ele voltou ficamos de papo na areia deitados. As vezes eu olhava pra outro lado e quando voltava a falar com ele sempre o pegava olhando meus peitos ou minha buceta sob o biquíni. Foi a 1ra vez que percebi que ele tinha tesão por mim, e isso mexeu comigo também.
Uma hora ele foi passar protetor, mas não conseguia fazer nas costas. Vi que ele não sabia o que fazer, já que a esposa não tinha voltado. Então fui pra trás dele pra terminar o serviço.
-Tem certeza? Perguntou
- qual o problema? você também vai ter que passar em mim.
Ele me deu o protetor, com uma evidente empolgação. Passei com calma nas costas musculosas dele, prestando atenção naquele homem pela 1ra vez em muito tempo. Não fiz nada demais, até fiquei um pouco longe. Queria ver o que ele faria em sua vez.
Trocamos de posição, e ele começou nos ombros, tão devagar quanto eu usando a ponta dos dedos. Depois desceu lentamente pelo meio de minhas costas, parando um pouco acima do biquíni e voltando. Então passou nos lados, quase onde meus peitinhos começavam. Aquilo me deu um arrepio, que ele percebeu porque deu uma risada. Ele ficou passando a mão nos lados mais um pouco descendo até o nó do biquíni e parou, perguntando se precisava passar em mais algum lugar. Agradeci dizendo que terminaria sozinha.
Então passei no resto do corpo, vendo a respiração dele aumentar enquanto passava na altura dos seios e da buceta, sempre por cima do biquíni. Levantei de costas pra ele e terminei as coxas e minha bundinha. Estava passando dos limites já!
Virei a tempo de ver ele esfregando o pau com a mão por cima da sunga, tentando disfarçar. Bem nessa a hora a esposa dele chegou, e ele correu pra água. Ela não entendeu, mas eu tinha certexa que era pra disfarçar uma ereção por minha causa.
Quando voltou, eles conversaram do passeio: uma praia nudista da região. Um van levava os turistas até a área fechada, e trazia no fim do dia. Estavam bem empolgados, e ele já veio perguntando se eu topava. Até sua esposa olhou um pouco estranho, mas depois riu. Respondi que não iria, não tinha coragem. Ele ia dizer algo, mas deve ter pensado que já tinha dado muit bandeira pra um dia apenas.
Voltamos a pousada, mas descobri que o chuveiro de meu quarto havia quebrado. Fui usar o do quarto deles enquanto viam TV na cama. Antes de entrar dei uma olhada e o marido dela e eu nos encaramos muito rápido. O que eu estava fazendo????, pensei.
Tirei meu biquíni e quando o pendurei percebi que a parte de baixo estava bem úmida, de suor e gozo meu pelo dia. Não aguentei e bati uma no banho, pensando no marido dela entrando e me comendo em pé contra a parede. Gozei como não fazia há muito tempo.
Quando fui me vestir, estava tão excitada que não coloquei roupa por baixo de vestido. Ainda estavam na cama vendo TV no escuro quando me despedi desejando um bom passeio no dia seguinte. Ele ainda perguntou se não queria ir, mas não tinha mesmo coragem.
Já estava em meu quarto quando vi que tinha deixado o biquíni no box deles! Bati na porta, mas ninguém atendeu. Tentei e estava aberta.
Estava escuro, mas vi que minha amiga havia dormido e seu marido estava… no banho.
Gelei, mas fui abrindo a porta bem devagar.
O box era transparente, então a cena foi nítida: o marido dela batia uma baita punheta com meu biquíni enrolado no pau. Estava sentado dentro do box, e socava com vontade. Era um pau bem bonito, tamanho normal.
Não conseguia sair dali, precisava ver aquele homem gozar em meu biquíni, mesmo que sua esposa nos flagrasse.
Os movimentos se aceleraram, e vi como sua porra enchia minha roupa e pingava no chão. Ele fez questão de esfregar bem o biquíni, antes de devolver onde estava. Saí e fiquei espeando um pouco antes de voltar ao quarto deles, como se nada tivesse acontecido. Pedi licença porque tinha esquecido algo, entrei e saí. Nem olhei direito a ele, que mal se cabia de vergonha de tudo o que tinha rolado no dia.
No quarto, abri a peça e vi aquela porra meio dura e grudenta. Foi minha vez de bater uma cheirando o biquíni, gozando como louca de novo numa noite.
Fiquei ali deitada, suada, pelada, depilada, com um tesão enorme. Esfreguei o biquíni na boceta, misturando os gozos. Dormi ali mesmo, nem vi se tinha trancado a porta. Queria mais era que alguém entrasse de noite, me visse daquele jeito e me fodesse forte.

Continua…

2 Responses to “Viagem com casal amigo”

  1. Delicia de conto

  2. adorei seu conto me deixou ….. queria te conhecer

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: SantiagoPerez
  • Membro desde: 10 de outubro de 2013

Outros contos de autoria deste autor SantiagoPerez

Ultimos contos escritos por SantiagoPerez »

Pesquisa