Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

Enviar Conto

Priminha dormindo no sofá 2

  • Enviado: 4 de setembro de 2005 03:30

Corpo do conto

Bom vou terminar esse conto,depois de tudo aquilo minha intimidade com minha priminha só aumentava vira e mexe eu ficava a sós com ela e ja agarrava,beijava,fazia ela me chupar etc mas oque eu queria era comer sua deliciosa xoxota inexplorada tentava e nada ela não deixava nem pagando.Eu ja tava conformado ficava pensando quando ela fosse se casar,quem seria o sortudo de ter ela!!!

Bom os dias foram passando até que chegou as férias e meus pais resolveram ir para praia na casa de meus tios eu logo pensei na minha priminha mas fiquei com vergonha de falar pra minha mãe com medo que ela desconfiasse de algo então fui falar com minha prima e ela doida pra pegar uma corzinha foi logo pedindo pra minha mãe que concordou pra minha alegria.Fomos em dois carros meus tios e seus filhos (pequenos) e no outro carro meu pai e minha mãe na frente e eu minha prima no meio e minha irmã pentelha,ja na estrada eu ficava imaginando minha prima de biquini com aquele corpinho pronto ja tava de pau duro e como a avenida em que estávamos ficou escuro (dentro do carro não se enxergava nada)ja que fomos viajar de noite aproveitei a escuridão e peguei na mão de minha priminha e levei até meu pau eu tava de short ela me olhou como quizesse dizer: Isso não amolesse nunca? E fui seguindo viagem assim na boa sem contar que ficava encostando nas coxas dela ela tava de saia oque me excitava mais ainda.

Depois de algumas horas preso no trânsito minha irmã caiu no sono junto com minha mãe fiquei olhando para as coxas de minha priminha e tive uma idéia deitei no colo dela como estivesse dormindo só que fiquei com a cara na xaninha dela,encostei meu rosto nas suas coxas e fui tentando sentir o cheirinho de sua xoxotinha e de tanto forçar minha cara senti aquele cheirinho delicioso que havia sentido quando a chupei pela primeira vez (conto1) fiquei fora de mim e pensei,tenho que comer essa bucetinha de qualquer jeito nem que for a força.

Até que a avenida foi clareando e eu me levantei pra não dar bandeira felismente ou seria infelismente chegamos e catamos nossas malas e colocamos no mesmo quarto pensando em dormir juntos e fomos ver o mar que ficava de frente,mais tarde minha mãe pra estragar tudo falou que minha prima e minha irmã iria dormir num quarto ela e meu pai em outro meus tios em outro e eu sozinho.Fiquei p….da vida pensei pq essa maldita casa tem tanto quarto?

Fui pro meu quarto fechei a porta tirei meu short e de cueca deitei e fiquei lembrando a viagem,aquele cheirinho delicioso comecei a bater uma punheta com meu pau ja babando quando olho pra cama do lado e vejo a mala de minha priminha,ela havia se esquecido,curioso fui ver oque tinha abri e vi baton,pente,roupas,toalha e mais pro fundo oque acho? sim uns biquinis e algumas calcinhas peguei todas e comecei a cheirar mas estavam todas limpinhas ficava imaginando aquelas peças em sua bucetinha juntei todas no meu pau e comecei a bater uma punheta e nem demorou e comecei a gozar feito um louco melando tudo,ja aliviado guardei e fui dormir feliz.No dia seguinte tomando meu café da manhã minha prima me puxa pelo braço e me mostra as calcinhas e os biquinis todas manchadas e eu dei uma risadinha e disse que não havia resistido ela me disse e agora como vou pra praia?

Ai eu dei uma idéia,pega a mais limpa e se enrola numa canga,cai na agua que isso sai.Foi oque ela fez,ja vestida com seu biquini(pensei aquele biquini ta com minha porra e ainda rocei meu pau la e agora ta colado em sua xoxotinha) deu um tesão aquilo,ja na praia tomamos sol passei loção naquele corpinho que tanto desejava pra variar ja tava excitado e resolvi cair na agua pra não dar bandeira,e ela foi tambem ficamos brincando e como o sol foi ficando forte minha mãe e meus tios resolveram ir embora.

Notei que só estava eu e minha prima,foi a deixa agarrei ela por traz e comecei a encoxa-la aquela bundinha macia,tirei meu pau pra fora e fiquei enfiando em suas coxas roçando sua bucetinha apesar de estar com o biquini notei que ela tava excitada aquilo tambem me excitou tanto que acabei gozando ela notou que eu havia gozado olhou e viu a porra boiando na agua ela deu um riso e falou seu porco.E resolvemos ir embora pois deu uma tremenda fome,eu falei pra ela no meio da noite vir para meu quarto e ela topou,chegou a noite e eu esperava e nada.

No dia seguinte fui bravo falar com ela e ela me disse que havia pegado no sono,no dia seguinte que estava com medo que minha irmã acordasse.As ferias tavam no fim e eu ja conformado até que no ultimo dia fiquei até tarde jogando baralho com meus tios e meu pai e fui dormir bem tarde,pensei vou dormir até o meio dia.

No dia seguinte minha prima tava me chacoalhando,dizendo acorda dorminhoco quando eu abro os olhos dou de cara com ela ja de biquini bem na minha cara ela me diz -não vai aproveitar o ultimo dia? Eu me levantei ainda com sono lavei o rosto escovei meus dentes e notei que não tinha ninguem perguntei:-Cade todos?

Ela responde:-ja estão na praia to esperando vc acordar quando ela falou que todos ja estavam na praia deu um estalo em mim pensei ah é agora.

Agarrei ela por traz e joguei ela na cama de bruço e começei a encoxa-la,ela pensando que eu iria acabar gozando como fiz na praia e deixa-la em paz ficou parada mas não era isso que eu tinha em mente,virei ela e comecei a beijar sua boquinha tirei a parte de cima do biquini e cai de boca naqueles famosos mamãozinhos fui decendo e comecei a lamber sua xaninha ainda com o biquini,aquilo foi a gota da agua ela tava excitadissima puxei a cordinha e fui retirando aquela pecinha que escondia oque eu mais cobiçava,estava do mesmo jeitinho como eu vi da ultima vez comecei a lamber,chupava gostoso notava que ela ja estava bem lubrificada tirei meu short e logo salta pra fora meu pau durissimo ja babando fiquei esfregando naquela bucetinha e fui metendo bem de leve,aquela xoxotinha parecia que chupava meu pau estavamos tão excitados que a penetração não foi dificil e com meio pau dentro dela notei o tal himem forcei e senti ele se rompendo,ja todinho dentro dela começo aquele vai e vem delicioso entrava em extase quando via todinho dentro dela tentei retardar o maximo possivel o gozo mas o xoxota era apertadinha demais, pensei em inundar aquele utero de porra,melar sua bucetinha com meu leitinho mas pensei nas consequencias e foi o tempo de tirar e esguinchar feito um cavalo nos seus peitinhos,ela foi se lavar e eu deitei feliz da vida estava super realizado finalmente aquelas férias havia valido a pena.

Ja na praia pensei:-Coitada de minha priminha acho que ela sempre quiz casar virgem e perguntei a ela se estava arrependida no que ela me disse:-Olha pra ser sincera não porque mais cedo ou mais tarde eu sabia que isso iria acabar acontecendo quando eu te masturbava,quando eu te chupava eu sentia seu membro latejando em minha boca e a noite eu me masturbava pensando no seu membro latejando em minha bucetinha,aquilo me fazia gozar muito e alem do mais minha primeira vez foi super prazeirosa.Aquilo me deixou super feliz e aliviado se ela não fosse minha priminha eu me casaria com ela.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: Capablanca
  • Membro desde: 15 de janeiro de 2005

Outros contos de autoria deste autor Capablanca

Ultimos contos escritos por Capablanca »

Pesquisa