Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Tipo do usuario: guest

Papai Noel

  • Enviado: 4 de junho de 2013 12:19

Corpo do conto

Meu nome é Sou ruiva de cabelo liso, seios grandes, bunda e cocha media, altura 1,73 e 19 anos. O papai Noel, com cara de um bom velhinho que gosta que sente no seu colo.
No FINAL DO ANO, um mês antes do Natal comecei a trabalhar temporariamente no shopping como ajudante do Papai Noel. Após quize dias de trabalho ajudando o Papai Noel. Era no meio da semana , o shopping fechando as portas, o Papai Noel aproveitou tirou as luvas brancas e foi no banheiro. Ele voltou do banheiro e deu uma volta no andar olhando as lojas já fechadas. Só tinha os seguranças e o pessoal da ultima sessão do cinema. Aproveitei que ele foi no banheiro eu fui no banheiro feminino e tirei a minha calcinha.
Papai Noel, terminando de olhar as lojas fechadas falou:
– vamos embora! já acabou nosso expediente?
eu , fazendo beicinho disse: Queria tanto tirar uma foto no seu colo, com essa roupa , depois nem vai dar tempo.
Papai Noel sorriu: Vem minha ajudante, afinal esse ano todo você foi uma boa menina!
Papai Noel sentou na sua poltrona vermelha , sem colocar as luvas de novo. Eu levantei a traseira da minha saia antes, de sentar no seu colo e sentei bem encima do seu volume. Papai Noel segurou a minha cintura com pegada e eu rebolava e tirava foto no seu colo. Papai Noel percebeu que eu estava sem calcinha e foi deslizando sua mão grande na minha cocha e indo para minha vagina depilada. Eu inclinei me sentada nele e ele ficou me tocando ate seus dedos ficarem melados. Então eu me levantei e disse bem baixinho: abre seu cinto e sua calça ! Papai Noel disse: – ai minha filha, assim você mata o papai!
Eu como boa ajudante do Papai Noel, ajudei ele a abaixar um pouco as calça abrir seu cinto. Papai Noel discretamente tirou seu pênis grosso das calça e eu fui sentando a minha buceta devagarzinho. Papai Noel me segurou a minha cintura com uma das mãos e eu rebolando nele. Papai Noel pingando de suor e eu segurando meu gemido mordendo meus lábios.
O segurança que observa as câmeras apareceu, eu fiquei gelada. O Segurança chamou para irmos a sua salinha. Eu abaixei a cabeça e o acompanhei, o Papai Noel também. Chegando na sala que fica os visores das câmera ele disse: – Pai, eu sei que você esta na seca dez que viuvou, mas tinha que pegar sua ex enteada. Meu maninho do coração me pois de 4 na cadeira. Papai Noel cuspiu e lambeu meu cuzinho. Papai Noel ficou olhando e me acariciando enquanto seu filho comia meu cu.

2 Responses to “Papai Noel”

  1. olha ve se dproxima vez deixa o seu conto mesnosficticio pois gostamos de mas realidade;
    sua imaginaçao é boa mais tem que deixar mais real
    bjs linda e ate aproxima

  2. faz um conto melhor sobre papai noel .

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: priscesinha
  • Membro desde: 2 de junho de 2013

Outros contos de autoria deste autor priscesinha

  • Nenhum outro conto escrito por este autor encontrado.
Ultimos contos escritos por priscesinha »

Pesquisa