Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

Enviar Conto

o meu negão pauzudo

  • Enviado: 9 de dezembro de 2009 04:09

Corpo do conto

Perdi o meu cabaçinho quando tinha somnte 13 aninhos pro meu primo pauzudo como relatei aqui num conto.A pica do meu primo realmente era linda grande e grossa.Mas o que realmente me aconteceu vou contar pra voces.Meu cuzinho depois de eu perder as minhas preguinhas ficou muito guloso por uma bela pica.Pois foi no condominio onde moro que realizei o meu desejo de ser comido por um negão!O vigia que estava trabalhando no condominio foi mandado embora porque não estava trabalhando direito!Abriu-se então a vaga pra vigia e muitos candidatos aparaceram para a vaga.Mas nenhum deles tinham referencias de trabalhos anteriores e não foram contratados.Uma tarde de sábado ,eu estava no jardim do condomínio,quando no portão principal de entrada,estava um homem alto e negro e chamou por mim.Eu fui ver o que ele queria,e ele perguntou se era neste condomínio que estavam precisando de um vigia!Eu de imediato respondi que sim,e ele perguntou se a vaga ainda estava aberta.Eu respondi que estava,que ninguem foi contratado!Era um homem muito forte e atraente.Não sei porque,mas algo dentro de mim me dizia que era este negao lindo que iria realizar a minha fantasia.Chamei o sindico e pra minha alegria ele foi contratado pra vigia do condomínio.Sempre educado com o condominos foi angariando simpatia e confiança.No condominio tem uma guarita toda de vidro fumê,que quem esta do lado de fora não percebe nada do que esta se passando lá dentro.Dentro da guarita,tem um banheiro e um chuveiro aonde ele tomava seu banho.Era solteiro,tinha 30 anos,sem familia na cidade,e tinha uma cama,onde ele durante o dia dormia.Uma tarde fui conversar com ele na guarita,e como eu ja tinha uma certa liberdade,abri a porta e pra minha surpresa ele vinha saindo do banho nu.Levei um susto inicialmente,mas fiquei hipinotizado parado olhando pra aquela maravilha que estava a balançar entre as pernas.Era relmente um caçete que eu ainda não tinha visto tão perto de mim.Devia ter uns 25 cm em repouso!Nossa!me denunciei eu mesmo!Fiquei vermelho e não tirava os olhos daquele caçete!Ele notou a minha aflição,e perguntou se eu tinha gostado do que esta vendo!Fazia um 1 ano que tinha perdido meu cabaço!meu cuzinho começava a piscar sem parar.Respondi que sim!ele então chegou perto e mandou eu pegar naquele pauzão!Não me fiz de rogado e peguei e começei a fazer movimento no seu caçete.Eu não largava daquele pauzão e ele já crescia assustadoramente na minha mão!Vce gosta disto não é? Já tinha notado teu jeitinho de gay!Aí eu disse que tinha perdido o meu cabaçinho pro meu primo a 1 ano.E que eu tinha uma fantasia de ser comido por um negão! Começei a mamar sem pudor nenhum aquele caçetão!Tinha uma cabeça que mal cabia na minha boca!Era muito grosso!Vce quer ser minha menininha agora?eu balançava minha cabeça dizendo sim!Estava grande e duro!Mas eu disse queestava com um mixto de desejo e medo!Que era muito grande e podia me arrombar o meu cuzinho!Ele então disse que iria fazer com bastante carinho!Tirou meu shorts e fiquei completamente a sua disposição para ele me foder.Elogiou a minha bundinha arrebitada e grande,dizendo que ia completar o que o primo não fez.Fui pra cama e fiquei de 4 pra ele não dixando de ver aquele caçetão que iria arrombar o meu cuzinho!Mas entre o medo eo desejo de receber aquele pauzão,falou mais alto o meu tesão.Chupou deliciosamente meu cuzinho,me levando a loucura,eu dava gritinhos de prazer,sua lingua enorme me proporcionava um delirio jamais visto.Meu cuzinho estava umido ao natural,esperando para engulir aquele caçetão.Eu não aguaentava mais de tesão,e mordendo os lábios eu pedia pela aquela picona.Foi quando senti uma pressão no meu buraquinho,ele forçou um pouco eu dei um grito de dor abafado pelo travesseiro que mordia . Doia muito,até que numa estocada passou aquela cabeça enorme,quase desmaei de dor.Eu nãoestava acreditando que estava engulindo aquela anaconda preta no meu cuzinho.Eu estava aguentando centimetro por centimetro,estava totalmente prenchido entupido por aquele pauzão!Eu jogava a minha bundinha pra tras,e cada vez mais ele enterrava já mele vando ao delirio.Ele tirava e metia cada vez mais gostoso.Meu cuzinho estava em brasa,ardia gostosamente,e depois de movimentos rapidos gozamos juntos,ele me inundou com seu gozo,escorria pela minha bundinha e minhas coxas.Quando ele tirou o seu pauzão de dentro de mim ,me senti vazio,saiu muita porra e junto também um filete de sangue,pois ele tinha literalmemte me rasgado,tirando as pregas remanescentes que teimosamente tinha.Sem ninguem saber do condominio,ele me fodia quase todas as noites. Só o seu pau me satisfazia.Pois o meu cuzinho estava muito guloso,e eu me tornei a sua meninha,ele comprava lingirie e fazia eu usar,cada vez que iamos meter.Ainda conto as noites lindas que passei com meu negão pauzudo.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

Outros contos de autoria deste autor coxinha grossa

Ultimos contos escritos por coxinha grossa »

Pesquisa