Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

o dia em que fui comida por um desconhecido

  • Enviado: 24 de maio de 2008 22:31

Corpo do conto

Muitas vezes me imaginei transando com um desconhecido. Mas soh saberia o verdadeiro prazer quando isso acontecesse. Era uma fantasia q eu tinha de ver um cara pela primeira vez e que ele não me dissesse nada… simplesmente nada. Que não perguntasse meu nome, nem meu endereço, nem o que eu fazia naquele local. Pois, qualquer pergunta que se fizesse, estragaria o momento mágico da fantasia realizada. Um certo dia fui visitar um apartamento que estava em obras. Era um sábado chuvoso e, quando cheguei ao local, me surpreendi com o peão que estava lá. Era um sujeito normal mas o q me chamou a atenção foi o seu olhar. Era como se ele me comesse com os olhos. Como a chuva estava muito forte, eu cheguei toda molhada. Logo ele veio com um pano para que eu me secasse. Comecei a me enxugar e, ao mesmo tempo, me insinuava para ele. Secava os meus cabelos, passava a toalha sobre os meus seios, descendo em minhas pernas. Como eu estava de saia, não hesitei em enfiar a toalha embaixo da minha saia pra secar minha buceta que estava mais molhada de tesão do que pela chuva. Quando me curvei para secar ainda melhor minha buceta, o peão veio por trás e me agarrou. Quando senti aquele pau duro, sob sua calça, encostando na minha bunda, delirei de tesão. Então ele me virou e começou a beijar o meu pescoço. Foi descendo sua boca carnuda pelas minhas tetas ( que são grandes como melões). Arrancou os botões da minha blusa e meteu a boca no bico do meu seio que estava durinho. Ele mamou, mamou e mamou com muita vontade. Da minha buceta escorria muito tesão. Depois de me mamar, ele desceu a boca pela minha barriga e logo meteu a língua no meu clitóris. Hummmm….q delicia q foi isso!! Então eu tirei a cabeça dele de perto da minha buceta e me ajoelhei. Abri o botão de suas calças e meti o pau dele na minha boca. Chupei aquele caralho de forma tão intensa que fiz ele delirar de tesão, até que gozou na minha boca. Eu me levantei e comecei a bater uma punheta, pois queria que o seu pau ficasse duro o mais depressa possível para que eu pudesse continuar aproveitando. Quando senti que estava duro de volta, eu me virei de costas e disse: agora mete esse pau delicioso no meu cuzinho. Foi o que ele fez e eu gritava para que ele enfiasse com mais força, pois eu queria gozar muito. Ele foi metendo, metendo e rasgando o meu cu. Gozei pois estava maravilhoso aquele caralho entrando e saindo do meu rabo. Mas eu queria mais e, então ele me colocou de quatro no chão sujo e começou a meter o pau na minha buceta que estava molhadissima. Eu queria até as bolas dele entrando na minha buceta. Estava uma delicia. Akele pau duro, grosso, que devia ter uns 20 centímetros de puro prazer. Mais uma vez ele meteu, meteu e meteu até que gozamos juntos. Eu mandei ele enfiar a boca na minha buceta e foi o que ele fez. Meteu a língua lá dentro e me comia como se estivesse comendo o prato mais delicioso do mundo. Com isso, seu pau endureceu novamente e ele me encostou na parede, mordeu minha bunda e meteu a língua no meu cu. Mas eu queria o caralho dele lá dentro. Ele me obedeceu e enquanto o pau dele entrava e saia do meu rabo, eu enfiava a mão dentro da mnha buceta e me masturbava. Eu adoro dupla penetração, mas naquele momento soh havia um caralho, e então compensei a falta de outro com a minha Mao. Logo avistei um pedaço grosso e comprido de madeira que estava no chão. Pedi pra que ele esperaasse um minuto. Catei aquele pau do chão e voltei a enfiar o rabo no pau do peão. Também enfiei o pedaço de madeira na minha buceta e senti muito prazer com um caralho enfiado no meu rabo e um pedaço de pau na minha buceta. Gozei muito naquele tarde chuvosa. Quando tudo acabou ergui minha calcinha, abaixei a saia, fechei a blusa e voltei pra casa. Nunca mais vi aquele que realizou uma das minhas melhores fantasias, mas guardo na lembrança todo o prazer que senti com aquele delicioso caralho de um homem que nunca tinha visto em minha louca vida. Não perca a história da minha outra fantasia realizada. Até a próxima, beijos e até lá…

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa