Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

NOVINHA SAFADINHA2-O QUE MINHA MÃE FAZ COM MEU TIO-AVÔ QUANDO MEU PAI VAI TRABALHAR

  • Enviado: 25 de fevereiro de 2014 00:29

Corpo do conto

O QUE MINHA MÃE FAZ COM MEU TIO-AVÔ QUANDO MEU PAI VAI TRABALHAR

Somos uma família normal, eu, mamãe, papai, maninha, maninho.

Já faz umas duas semanas desde nossa viagem ao velório então mau via a hora de encontrar meu tio-avô para repetir a brincadeira, mas não deu muito certo é que ele tem ajudado minha mãe com os afazeres domésticos e a oportunidade nunca surgia.

Então em um dia de terça feira resolvi matar aula pra repetir as brincadeiras da viagem, acordei cedo meu pai disse que iria trabalhar e não voltaria pra almoçar minha mãe falou que iria ao shopping fazer umas comprar e talvez só voltaria lá pelas 16:00 horas, então meus irmãos foram logo falando que iriam passar a tarde na casa de amigos e era pra mim não dedurar, vi ali minha oportunidade, meu cuzinho piscou como se sentisse falta de algo.

Daí arquitetei meu plano iria fingir que ia pra aula e voltaria 30 minutos depois e ligaria pro meu tio- avo pra ele vim aqui em casa me ajudar com qualquer coisa, pronto passaram os infinitos 30 minutos eu voltei correndo, mas tinha algo que eu não esperava o carro de meu tio-avô estava na porta de casa, achei tudo estranho, todavia não acreditei no óbvio então resolvi entrar e ver o que estava acontecendo.

O pior de tudo foi que eu entrei meio que sorrateira pé pós pé e lentamente cruzei a sala então houve a revelação, ouvi gemidos abafados como se alguém estivesse gemendo com um limão grande na boca, foi entrando e a medida que me aproximava do quarto do meu pai os gemidos eram mais evidentes e não demorei muito pra perceber que minha mãe era quem estava fazendo os gemidos e quando finalmente cheguei na porta do quarto que pra minha sorte estava entreaberta vi o que era óbvio desde o momento que vi o carro do meu tio-avô no portão de casa.

Minha mãe estava de joelhos sem calcinha com a saia na cintura e chupando meu tio-avô que estava sentado na cama do meu pai, nossa aquilo me deu ciúmes e raiva ao mesmo tempo, pois como aquela vadia estava traindo meu pai e ainda por cima como meu queridinho, nossa meu tesão desmoronou na hora e num misto de ódio e curiosidade eu resolvi continuar espiando tudo pra ver como terminavam as festividades.

Demorou uns 5 minutos só chupando e sei o que ela fazia mas ele só ficava murmurando coisas sem sentido parecia que ele estava no paraíso e não queria voltar e então ela se levanta e pega aquela rolona (que a semanas tinha tirado o cabacinho do meu cuzinho) e senta com a buceta parecia ate que foram feitos em par, tamanha era a perfeição que se encaixavam, foi tão delicioso que na hora enfiei a mão por baixo da minha saia e puxei minha calcinha pro lado e comecei uma siririca da mais deliciosa, não demorei muito a gozar mas La dentro do quarto as coisas estavam só começando, pq minha mãe já estava de 4 segurando a cabeceira da cama quando meu tio-avô estava lambendo o cuzinho ou outra coisa, pq não dava pra ver direito mas sabia que ele adorava um cuzinho então deduzi que aquilo seria uma bela lubrificação anal.

Assim então ele se levantou e com a mão esquerda segurou na cintura de minha mãe e com a direita segurou sua deliciosa ferramenta e apontou praquele cuzinho que eu imaginei que não agüentaria, porem minha maior surpresa foi descobrir que entrou tão fácil que nem parou só foi empurrando e empurrando e a pica deslizando como um “pau de sebo” KKKK.

Neste momento minha mãe já rebolava como se estivesse dançando a dança do ventre e seu cuzinho engolia aqueça pica como macaco engolia banana, era delicioso de ver, não demorou pra eu ter um flash-back minha mãe se levantou desceu da cama, momento em que meu tio-avô sentou na beira da cama que papai tinha suado pra comprar e minha mãe foi logo sentando e como eu já tinha feito foi recebendo aquela rolona no cuzinho que chegava a morder a deliciosa ferramenta.

Não demorou muito pra eles gozarem juntos e meu tio-avô encher o cuzinho dela de porra que escorria pelas pernas ela então se levantou e nem abaixou a saia foi pro banheiro eu então sai correndo pra rua, dei um tempo de mais ou menos 20 minutos, liguei pra minha mãe avisando que voltaria pra casa pq esta indisposta ela foi logo se justificando que meu tio-avô estava La em casa pois estava muito triste com a morte de seu irmão.

Quando entrei em casa ainda percebia o cheio de sexo mas não falei nada agi naturalmente como se nada tivesse acontecido, mas nesse momento resolvi me vingar de mamãe e ajudar papai a retribuir o chifre.

NO PRÓXIMO EU CONTAREI COMO FOI O CHURRASCO QUE MEU TIO-AVÔ FEZ PRO ANIVERSARIO DA MAMÃE PENA QUE FOI EM UMA CHÁCARA E PAPAI NÃO PODE IR MAS EU E MAMÃE ADORAMOS A LINGÜIÇA DO MEU TIO-AVÔ, ATE SEU CONVIDADO NOS SERVIU NESTE DIA.

Comente e votem que eu conto.

BJ sou FERNANDA adoraria receber email safadinhos, contos e fotos de incesto, mas não me mandem links do Google.

fernandasouzasantos12@gmail.com

fernandasouzasantos12@gmail.com

One Response to “NOVINHA SAFADINHA2-O QUE MINHA MÃE FAZ COM MEU TIO-AVÔ QUANDO MEU PAI VAI TRABALHAR”

  1. DOM JUAN DAS VAGABUNDAS on 13 de março de 2014 @ 13:42

    Adorei seu conto…gostaria muito de te conhecer…Beijos Lindaa…!!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: fernandanv
  • Membro desde: 20 de fevereiro de 2014

Outros contos de autoria deste autor fernandanv

Ultimos contos escritos por fernandanv »

Pesquisa