Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

MINHA SOGRA

  • Enviado: 16 de julho de 2009 12:20

Corpo do conto

Fui casado por três anos, tinha um ótimo relacionamento, mais aconteceu um fato que mudou tudo isso.

Minha mulher era muito apegada a minha sogra, e quando resolvemos juntar os trapos ela me pediu p/ deixar minha sogra murar um tempo com agente.

Minha sogra colocava minha ex-mulher no chinelo, tinha mais + ou – 1,70, loura de cintura fina, peitos pequenos porem durinhos, um rabo gigantesco, coxas grossas, e não tinha calça que escondesse o tamanho de sua buceta.

Pensando em que se um dia eu desse a sorte de comê-la, aceitei que ela viesse morar com agente.

Passaram meses e minha sogra não dava brecha alguma, então acabei desistindo.

Minha ex-mulher adorava um sexo, pulava no meu pau com tanta força que minha cintura ficava toda vermelha e dolorida no final da foda. O único problema é que nos tínhamos que segurar os gemidos, pois minha sogra dormia no quarto ao lado.

Certa noite minha sogra avisou que não voltaria p/ casa aquela noite, pois uma das irmãs dela estava doente e o marido não poderia faltar no trabalho, pois era novo de casa. Eu minha ex mulher aproveitamos que estaríamos sozinhos e trepamos loucamente, ela gemeu feito uma puta, e quando gozou soltou um grito avisando que iria gozar que fiquei com medo dos vizinhos terem ouvido.Terminando foda fui tomar um banho e reparei que a bolça da minha sogra estava no sofá, não dei muita importância, achei que ela devia ter esquecido.Tomei meu banho e fui dormir.

Alguns dias depois minha ex-mulher de férias do trabalho decidido ir visitar meu sogro, que morava em Osasco. Iria passa o final de semana lá, como eu trabalhava em comercio não poderia ir com ela,e por isso teria de ficar em casa com minha sogra.

Minha ex-mulher saiu de casa por volta das 19h30min, pois o carro estava no rodízio.

Assim que ela saiu, minha sogra apareceu, puxando assunto do tipo (como eu estava na vida de casado, se eu e minha mulher ainda éramos apaixonadas, etc.). Eu sempre fui muito franco, então eu disse que minha mulher não me realizava mais como antes.Neste momento minha sogra soltou um sorrisinho irônico, e disse que não era isso que ela tinha ouvido outro dia.

Ela me disse que não dormiu na casa de sua Irma, pois seu cunhado decidiu ficar em casa com ela apesar de ser novo no trabalho. Na hora fiquei vermelho, Totalmente encabulado.

Ela se sentou do meu lado e disse p/ eu ficar calmo, pois aquilo era natural. E sem perder tempo ela disse que fazia tempo que ela não sentia o mesmo prazer que eu dei a filha dela aquela noite.

Na hora eu percebi o que é que ela queria, e meu pau começou a endurecer.

Ela olhou para o volume que meu pau fazia em minha bermuda e me perguntou com uma voz de puta o que era aquilo colocando a Mao em minha coxa.

Eu respondi que desde que decidimos morar todos juntos eu sonhava em fazer sexo com ela, e ela disse (é mesmo) e começou a passar a Mao em meu pau.

Rapidamente meu pau ficou duro feito tora, ela colocou a Mao dentro de minha bermuda puxando meu pau p/ fora e punhetava, começou bem devagar e foi aumentando, eu estava ficando louco, pois agora eu percebia que iria realmente comer minha sogra.

Enquanto ela punhetava ela olhava p/ o meu pau e fazia cara de gulosa, não deu outra, ela se ajoelhou e começou a fazer uma chupeta deliciosa, engolia meu pau por inteiro, a safada estava realmente com falta de rola. Olhando a pericia de minha sogra não agüentei segura mais e gozei em sua boca, ela tomou quase todo leitinho, e o que sobrou passou em seu rosto.Ela continuou me chupando até meu pau endurecer novamente, ela se levantou e começou a tirar sua roupa, não perdeu tempo e tirou tudo, quando vi aquela buceta enorme na minha cara não tive duvidas e comecei a chupar, enfiava minha língua o mais fundo possível, mordia, lambia, sugava todo seu líquido delicioso, e ela por sua vez gemia, era um gemido baixo, cauteloso , mais era o gemido mais verdadeiro que eu já tinha ouvido.Ela me puxou p/ perto de seu rosto e disse baixinho p/ eu foder sua buceta, coloquei ela de quatro e comecei a passar minha rola com força em sua buceta enorme, eu não enfiava só passava em seu grelho até que ela implorou(vai, fode minha buceta, fode gostoso, fode) , então enfiei minha rola no seu buraco quentinho, bombava com força, ela arrebitou aquela bunda enorme e pedia mais e mais e mais, até que ela mordendo a almofada do sofá gozou.

Ela quis se virar, mais eu não deixe e falei que queria comer seu cuzinho, ela assustada disse que não, pois nunca havia feito sexo anal, então eu disse que não era possível que com um rabo tão gostoso ninguém lhe tinha pedido o cuzinho. Ela então feliz com o elogio aceitou mais pediu p/ eu enfiar com carinho, então comecei a lamber seu cu até ela perder o nervosismo, enfiei um dedo, depois dois, e então dei umas cuspidas em minha mao e lambuzei meu pau, entoa fui enfiando bem devagar como ela tinha pedido, ate que ele entrou todo e comecei um vai e vem bem carinhoso, ela dava uns gritinhos de dor e ao mesmo tempo gemia, com o tempo seu cuzinho foi alargando e eu comecei aumentar a velocidade, ela já não sentia mais dor , só prazer, ela pedia p/ foder mais rápido, trazia sua bunda de encontro ao meu corpo.

Porem derepente ouço um barulho e paro. Quando olho p/ o lado minha ex mulher estava lá, atrás do aquário chorando e olhando p/ nos.

Bom o que aconteceu vocês já devem ter adivinhado. Eu fui expulso de casa e minha sogra foi morar com uma das irmãs.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa