Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Tipo do usuario: guest

Minha Esposa, Sua Puta! (Porto Velho-Real)

  • Enviado: 4 de agosto de 2011 16:47

Corpo do conto

O que vou relatar aqui, bem que poderia ser um conto simplesmente, mas não é, pois Aconteceu de fato.

Minha esposa se Chama Renata e eu Naldo. Renata é uma mulher que todo homem, acredito, gostaria de ter como esposa. Bonita com uma pele morena sedosa e sedutora, cabelos negros cacheados, um corpo com curvas provocantes e uma bunda deliciosa, além destes atributos minha esposa é uma mulher Fiel, e como é evangélica, este atributo lealdade e fidelidade para ela era um paradigma.

Mas Renata tinha um segredo que precisava confessar-me, contou-me que certa vez uma amiga sua da igreja, havia dito que tinha sido desvirginada por seu antigo, e único; namorado, um Negro, magro de 1,80 m e uma pica de 23 cm… Minha esposa me contou isso enquanto estávamos fodendo, e continuou sua narrativa:

“O nome do rapaz que namorava esta minha amiga era Jorge, e ela me disse que o negão, socou-lhe a veiúda nela na posição de quatro, pois foi assim que ela foi desvirginada feito uma cachorra, chorando na pica ENORME do negão que a deflorou, um verdadeiro cavalo, com uma pica descomunal que lhe deixou toda arrombadinha e que ela sangrou bastante, pois o Jorge socou com força arreganhando as pernas da minha amiga e foi enfiando sem pena seu CARALHÃO grosso e veiúdo.

Neste momento eu também já estava arfando e socando sem pena na boceta da Rê, eu percebia que ela estava gozando feito uma cachorra e o mesmo efeito esta conversa de estupro por outro macho havia feito nascer, em mim também, um desejo estranho.

Então eu pedi na hora, amor, imagina que não é a sua amiga, mas que é você sendo estuprada por um negão filha, que você minha linda urrou de dor, e cravou-lhe as unhas nas costas de seu macho, e ele apenas segurou firme as suas duas mãos com uma só dele, e com a outra tapou-lhe a boca e abafou o seu grito… Ela então já em gozo gritava: “ – amor, foi comigo, foi comigo que isto aconteceu filho, fui estuprada por um negão, me arrombou a bocetinha amor… aiiiiiii…”

Eu fiquei louco com estas palavras dela e disse ai que delicia caralhooo, quando penso que o cara socou com vontade na sua bocetinha virgem eu gozoo… e ejaculei gostoso um mundo de porra dentro da boceta de minha noivinha.

Nunca mais ela quis tocar neste assunto, mas após o casamento ainda na nossa lua de mel, era eu quem precisava desta vez contar a ela um segredo que desde os tempos de noivado não conseguia esconder de mim mesmo, então lhe contei com a pica dentro de sua boceta, ela ainda vestida de noiva e de quatro sobre a cama com a calcinha puxada para o lado e eu socando, falei-lhe minha confissão, que mudaria o rumo de nossas vidas definitivamente:

“- Renata, meu amor, me perdoa, mas desde quando soube por você mesma que sua amiga foi estuprada pelo negão Jorge e, que você adorou se passar por ela, na nossa fantasia e gozou feito uma vadia. Eu precisava confessar-lhe que, todas as vezes que nos deitávamos, eu ouvia seu gemidinho dengoso eu imaginava imediatamente que não era eu ali, mas um Negão possuindo a minha futura esposa. Quando lembro e imagino que poderia ter sido você Renata, a deflorada num estupro literalmente falando, com sua boceta sangrando e uma pica de 23 cm veiuda alargando você todinha, eu enlouqueço de desejo ser teu marido corno manso e realizado, amor de para outro na minha frente eu te imploro”

Ela falou, que sim que também pensava também que outro a comia na minha frente calada, com medo de um dia realizar e perder seu amor, e que sua boceta se encharcava… falou-me isso com lagrimas nos olhos, e senti meu pau pulsando dentro daquela boceta quente e molhada, percebi que tinha sentido tesão em imaginar ela fodendo com o cara, e isso nunca mais saiu de minha mente, sempre falava na hora de nossas transas algo como:

“Amor, quando o Jorge meteu a pica em você, você chorou dengosinha no caralhão dele amor? Em? fala, fala para eu ouvir… adoro imaginar você fodendo, fala RÊ.. “

Então ela dizia: “chorei amor, chorei sim e ele metia sem dó na minha bocetinha que estava sangrando no pau dele amor… doeu muito paizinho…”

Amigo leitor pense, ela falava com certa timidez e receio, mas eu percebia que toda vez que transávamos e eu provocava este assunto, primeiro ela relutava um pouco, tímida e dengosa, mas rapidamente se soltava e gozava feito uma putinha na minha pica imaginado ser ela a pessoa que foi estuprada por um negão, um antigo namorado cavalo e estuprador.

A coisa evoluía na cama, mas logo em seguida batia-lhe um enorme arrependimento, e chegava a brigar comigo, e dizia que jamais se entregaria a outro que era somente minha e papo encerrado, corria para a igreja, jejuava etc.. e eu ficava um tempão proibido de expressar meu sonho, meu desejo, minha verdadeira tara em ser o corninho de uma esposa evangélica e putinha, e isso parecia uma utopia.

Até que um dia encontrei neste mesmo site um anuncio de um famoso COMEDOR de Esposas de cornos, Dr. Lucas Santinne. Há vários relatos de casais falando das maravilhas que este especialista em tratamentos psicosensoriais havia realizado em suas esposas, não perdi tempo e solicitei a sua ajuda, resumindo, minha esposa após receber a técnica do Pepino Amaciado, gozou gritando sendo novamente estuprada… e eu adorei ver isso , depois não deu outra ela quebrou os velhos paradigmas, mesmo sem deixar seu credo religioso, se entregou a um Negão que a estuprou, violentou e deflorou o cuzinho, coisa que nem para mim, seu esposo, Renata havia dado. Mas naquele dia, falou estas palavras:

“Amor, já que você insiste em ser corno e me fazer sua esposinha putinha, vou te dar um castigo, Você vai assistir eu sendo estuprada de verdade, este Negão de pica enorme, com esta cabeça descomunal vai comer meu cuzinho na tua frente, seu corno, mesmo que eu chore, grite, rasgue os lençóis da cama, vou aguentar, porém todos os outros podem comer meu cuzinho, você corno, jamais comerá!”

E assim aconteceu, ela ficou quase duas semanas de molho e eu cuidando do cuzinho dela, pois o negão arrancou sangue, estourou as preguinhas daquele cu virgem e ainda trouxe merda na cabeça de sua pica de tão profundamente que socou na minha bebezinha.

Agora ela tem outro sonho, e decidi que podemos realizar, ela quer ser prostituída, quer ser paga para foder com qualquer um macho, sem ter o direito de escolher, quem seja, feio, bonito, gordo, magro, novo ou velho… Esta fantasia me deixou louco de desejo, ainda mais que Renata continua evangélica, se vestindo toda recatada e indo a igreja provocando com seu quadril largo e sua cara de santinha o tesão em todos que ali congregam, já pensou se um dia um deles pagar e comer minha esposa?

Bem o fato é que agora esta a sua disposição minha ESPOSA SUA PUTA.

Por apenas R$100,00 (Cem Reais) valor simbólico, e os custos do motel por sua conta é possível comer a esposa evangélica e recatada que adora ser estuprada.

Homens tarados, safados, de picas de cavalo, negões, ela adora… casados, virgens, daqui de PV e ou viajantes, todos… todos podem comer minha esposinha, comer o cu que jamais eu terei o prazer de comer, mas como ela mesma diz, para cliente puta casada de corno manso não pode negar o cu.

Entrem em contato com minha esposa Renata pelo

MSN: renatacasada-pvh@hotmail.com

Mande foto da pica e do corpo, e celular para contato.

Ela mesma ligará e marcará o dia e a hora para ser sua puta completinha, barba, cabelo e bigode.

Eu, o Corno manso, vou estar presente, vendo, ajudando a prepará-la para você comer e protegê-la. Não poderei participar, a não ser para limpá-la com a língua após o comedor se saciar de minha esposinha e fotografar, após editar as fotos e colocar as trajas e esconder tatoos e sinais, mandamos copias ao comedor, e relataremos a experiência vivenciada neste site, cada cliente um relato excitante, verdadeiro e novo.

Para o que precisa de ajuda com a esposa para também ser um CORNO como Eu e uma PUTINHA como a Rê, entrem em contato com nosso mestre e amigo Dr. Lucas, pelo MSN: oespecialista.belem@hotmail.com

No Responses to “Minha Esposa, Sua Puta! (Porto Velho-Real)”

  1. Simplesmente espetacular essa foto dela chupando a pistola
    marciosjdrp@hotmail.com, parabns pelo conto

  2. esse cuzinho arrombadinho uma delcia! Se puder leia os meus contos.

  3. Claudia 2011 on 5 de agosto de 2011 @ 22:08

    Eu tambmsou puta e dou de graa.

  4. delicia demais ser corno.ainda mais de negoes pissudos.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa