Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Minha esposa e minha amiga

  • Enviado: 24 de fevereiro de 2007 00:08

Corpo do conto

Contarei aqui um fato que aconteceu comigo e minha amada esposa no ano passado e que me pegou de surpresa!

Tenho 39 anos e ela 32, nos conhecemos a três anos e nosso sexo é muito bom e criativo mas normal, nossas fantasias são comuns e sempre realizamos sem nenhum pudor. Ela é deliciosa e bem safada e eu percebendo isso para apimentar mais as nossas transas, comecei à provoca-la contando mil historinhas em seu ouvido, fantasiando ela com uma outra mulher, ou uma suruba com um outro cara, a princípio só pra ver a sua reação. E vendo que ela enlouquecia principalmente quando falava de uma outra mulher, percebi seu lado bi, sua tara por uma outra mulher. Foi aí que me veio a idéia de lançar um desafio, perguntei como quem não quer nada e é obvio querendo, se ela não topava sair com uma amiga minha que curte estes lances. Não sei se ela achou que fosse brincadeira, mas eu não exitei em momento algum. Ela mandou eu ligar e eu liguei. E para dar mais realidade coloquei as duas no telefone para se falarem e a excitação da minha mulher foi uma coisa que até então não tinha visto.

Marcamos para pegá-la em casa e no meio do caminho, no carro, fui falando um monte de sacanagens, fiz ela tirar a calcinha, para chegar lá peladinha, fiz ela mamar meu pau e fui tocando uma gostosa siririca naquela xota. Tudo isso para deixa-la bem a vontade. Quando chegamos ao ponto de encontro, a tensão voltou a tomar conta dela. Minha amiga entrou no carro e ela cumprimentou bem discretamente e assim seguimos para dar uma volta. Paramos na beira de uma praia, saímos do carro, sentamos na areia, e começamos a conversar. Fui buscar um vinho pra descontrair, mas observando de longe. Minha amiga tentava de todo o jeito se aproximar mas minha esposa fugia o tempo todo até que ao tomar uma boa golada de vinho, a amiga sem exitar partiu para o ataque e arriscou um beijo que ficou só na tentativa, pois ela se esquivou imediatamente. Eu estava sentado de frente para as duas e para quebrar o clima, comecei a massagear seus pés e a morder levemente seus dedos. Coisa que a faz sentir muito tesão. E quanto menos eu esperei, as duas estavam em um beijo ardente. E isso foi o suficiente para ela se soltar. Minha esposa pegou minha amiga pela mão e me chamou e fomos os três para o carro.

Sentaram as duas no banco de trás e eu no banco da frente, só olhando. E acena que eu vi em seguida foi uma das mais belas que já vi. As duas se entregando aos seus desejos, se beijando, se tocando, se puxando, como se uma quisesse entrar dentro da outra. Minha amiga tirou toda a roupa da minha esposa e caiu de boca em sua buceta, lambendo mordendo, enfiando o dedinho. Primeiro um dedinho, depois dois e o que me surpreendia era que ela nem notava minha existência ali. Eu já estava louco com a cena e bati uma gostosa punheta vendo minha mulher gozar como louca na boquinha da minha amiga. E depois com a maior naturalidade do mundo, como já tivesse muita experiência e não fosse sua primeira vez, fez o mesmo, tirou a roupa da minha amiga e lambeu seus seios, sua boca, seu corpo todo até parar em sua buceta. Onde chupou com maestria, fazendo minha amiga urrar que nem uma fera no cio, gozando. Eu estava ensandecido e tratei de pular para o banco de trás, minha esposa me deu um beijo muito gostoso e foi logo procurar meu pau que nesta altura estava a ponto de furar qualquer parede. E ela alternava entre a minha boca e da minha amiga, depois nos beijamos os três.. Fiquei de bobeira pois a minha mulher é muito ciumenta e isto foi iniciativa dela, e melhor partiu dela! E ela sentiu tesão com isso. Enquanto a minha amiga devorava minha boca, e punhetava meu pau, minha mulher foi lamber meu cuzinho, minha amiga se empolgou e caiu de boca no meu pau, preparando ele pra comer o cuzinho da minha esposa. Passei para o banco da frente e minha esposa de quatro no banco e minha amiga com meu pau na mão, ora enfiava na bucetinha da minha esposa ora o mamava, estava uma delícia. Até que minha esposa implorou pra eu meter até o talo em seu cuzinho enquanto minha amiga chupava sua bucetinha. Acabei gozando em seu cuzinho juntinho com minha esposa. Nos recompomos e como já estava ficando tarde, resolvemos levar minha amiga para casa. No caminho sem nenhum constrangimento, a minha mulher cheia de tesão, foi mamando a minha rola até a metade do caminho sempre provocando a minha amiga no banco de trás com olhares e não resistindo acabou pulando para o banco de trás, me deixando na mão literalmente. Minha amiga sem pensar duas vezes tirou a roupa dela todinha e a lambeu novamente dos pés a cabeça enquanto eu dirigia. Minha mulher gozou novamente e foram se acariciando até chegar na casa da minha amiga.

Nos despedimos, e minha mulher agradeceu a noite maravilhosa e voltamos para casa, onde fudemos até amanhecer.

A partir daí minha mulher se iniciou no bi femenino e vivemos outras histórias que vou deixar para contar mais tarde.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: 3239
  • Membro desde: 23 de fevereiro de 2007

Outros contos de autoria deste autor 3239

  • Nenhum outro conto escrito por este autor encontrado.
Ultimos contos escritos por 3239 »

Pesquisa