Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

MEU TIO SAFADO

  • Enviado: 18 de novembro de 2002 02:04

Corpo do conto

tio safado

( eu estava com 14 anos) eram ferias de janeiro e eu sempre viajava para a

casa de meu avô em brasilia, ia meus irmãos primos e tios, nesse ano em

especial (1984) um de meus tios que eu gostava muito , não iria , ele falou

teria que resolver alguns problemas mas convidou amim e tres de minhas

primas para passar as ferias la em sua casa em BH, pedi para minha mãe

deixar eu ir, ela concordou , pois seriam umas ferias diferentes , fiz minha

mala so com roupas de menino normal, tinha medo de levar alguma roupa

feminina e ele descobrir e contar tudo para minha mãe. Meu tio morava em um

AP com dois quartos e sala, minhas primas ficaram em um quarto e eu no

quarto de meu tio, meu tio morava so, era separado já algum tempo, pegamos

um colchonete e me ajeitei em seu quarto, ele não achou legal eu ficar no

mesmo quarto que as meninas pois eu era mais novo e elas, tati tinha 17 e

fabiana tinha 18, poderiam ficar sem jeito com a minha presença e sem

liberdade para se vestirem e dormir.

Nos primeiros dias meu tio não tinha como dar muita atenção então fiquei com

minhas primas , elas como tinham amigas em BH , depois de uma semana já

estavam de saco cheio de bancar as babas, na Segunda semana de janeiro meu

tio já estava livre e pode me acompanhar mais , uma coisa que eu gostava era

quando ia tomar banho , pois cesto de roupa suja ficava no banheiro e essa

era a hora de eu me montar usando as roupas de minhas primas, adorava quando

elas deixavam suas calcinhas pequenas e camisolas eu logo vestia e ficava

me admirando em frente ao espelho, vestia saias, mini blusas , colant,

vestidos , todo que estava ao meu alcance ficava desfilando para mim mesmo

no banheiro , minhas primas foram passar uns dias na casa de umas amigas

ficando so eu e meu tio na casa, eu por preguiça continuei no quarto do meu

tio, certo dia quando estava no banheiro , minhas primas tinham deixado

algumas roupas la , eu estava me montando e eu por puro descuido deixei a

porta destrancada, quando eu já estava todo vestido, com calcinha preta de

renda bem pequena, um sutien preto e camisolinha preta transparente de

alças finas que deixava ver tudo, quando meu tio entrou no banheiro me

flagrando vestido daquele jeito , fiquei totalmente envergonhado não sabia

o que fazer, meu tio saiu do banheiro sem falar nada , aquilo me deixou

grilado, tirei a roupa , tomei meu banho e me tranquei no quarto das meninas

o resto do dia, a noite meu tio me chamou no quarto perguntando se iria

dormir no quarto das meninas ou no quarto dele, eu com medo do que ele iria

falar do ocorrido, mas tbm com medo de ele achar que se eu dormisse no

quarto das meninas eu iria me vestir com as roupas das meninas e ele poderia

ficar chateado, resolvi enfrentar pois teria mais 20 dias la e não dava

para ficar fugindo . fui para seu quarto troquei de roupa e quando já me

deitava meu tio entrou no quarto , ai eu gelei, ele se sentou na cama e me

chamou para conversarmos, todo envergonhado fui e me sentei a seu lado,

ele começou falando para não ficar assim pois não iria contar para ninguem,

perguntou se eu fazia aquilo a muito tempo, disse que já tinha algum tempo,

perguntou se eu já tinha tido alguma coisa com algum menino, eu meio sem

jeito , mas como já tinha revelado um de meus segredos resolvi me abrir com

ele pois confiava nele, disse que tive uma transao com um garoto de perto de

minha casa , mas tbm gostava de meninas , que não ficava procurando garotos

para namorar nem tranzar, ele me perguntou se já tinha tranzado com um

homem mesmo mais velho, nisso ele pos a mão sobre minha perna alisando-a ,

me deixando mais nervoso, ele era delicado e suas caricias iam me relaxando

aos poucos ele me perguntou se não gostaria de dormir com as roupas que eu

estava vestindo quando me flagrou, eu que já estava começando a ficar

excitado, com aquela proposta , perguntei se ele não se importava , ele

respondeu falando que adoraria me ver vestido novamente para poder me ver

melhor pois como tinha saido rapido do banheiro não tinha visto direito, me

levantei e fui ao banheiro vesti a roupa novamente so que com mais capricho

para ficar bem bonito , meus traços ajudavam muito pois era magro , lisinho,

e usava o cabelo um pouco comprido, ficava bem parecido com uma menina,

voltei para o quarto e meu tio estava me esperando na cama deitado, falou

para que eu desse uma volta e me aproximasse da cama, ao me aproximar da

cama ele voltou a me acariciar , em puxou para a cama , me sentei, vi seu

membro duro sob o pijama , fiquei excitadissimo se querer querendo cai com

minha mão sobre seu pau me apoiando ao sentar, me desculpei , e sentado ele

perguntou se gostava disso que estava acontecendo, respondi que sim , ele

falou que não iria acontecer nada que eu não quisesse , que parariamos a

hora que eu quisesse , disse que tudo bem. Falou se quisesse pegar em seu

pau que poderia ficar a vontade , com essa autorização , não me demorei e

comecei a aliza-lo sobre o pijama masturbando-o, ele soltava leves gemidos,

ele passou a alizar meus peitos pegando em meus biquinhos, dando leves

beliscões me excitando cada vez mais, retirei seu membro para fora do pijama

, revelando todo seu tamanho , pude ver que era grande uns 18×5, era

grosso, continuei a masturba-lo, não resistindo comecei a chupa-lo fazendo

um chupetinha bem gostosa, estava adorando tudo , pois estava com um homem ,

chupando um pau delicioso e ele ainda gostando de mim vestido de menina, ele

soltava gemidos cada vez mais alto me revelando que estava agradando, ele

foi com sua mão pelas minhas costas ate chegar a minha bunda , ficou

alisando , chegando no meu cuzinho eu me contorcia de prazer sem para o que

estava fazendo, derrepente senti que ele iria gozar , e passei a chupa-lo

com mais vontade para que gozasse na minha boca, huuummm logo senti seu

semem na minha boca sugando tudo ate a ultima gota, deixando seu membro bem

limpinho , ele me puxou para seu lado na cama e ma deu um beijo delicioso,

me alisando todo, desceu ate meus peitinhos tirando os lenços que estavam

preechendo o sutien e chupou meu peitinhos , logo ele me deitou na cama me

pondo de quatro começou a lamber meu cuzinho deixando ele bem lubrificado,

tentou me penetrar com seu dedo mas como era grande e meu cuzinho já tinha

bastante tempo que não sentia algo penetrando , meu tio pegou uma pomada na

mesa de cabeceira e passou no meu cuzinho começando as investidas novamente,

aos poucos já estava com seu dedo todo dentro de mim, me fodeu com ele e

logo substituiu pelo seu pau , aos poucos ele ia forçando a penetração, logo

que entrou a cabeça soltei um grito de dor e prazer que me levava a loucura

, quando senti todo seu pau dentro de mim algumas lagrimas começaram a

escorrer , era uma mistura de prazer e de dor , mas eu estava afim e não

iria pedir para ele parar , aos poucos ele ia aumentando a velocidade das

estocadas, eu ia rebolando dando mais prazer logo gozei , cheguei a um

orgasmo maravilhoso, cai a seu lado exausto, ele deixou para continuar no

dia seguinte, na manha seguinte meu tio me levou para passear, fomos a umas

lojas de departamento, ele queria comprar umas roupas para mim, nessas lojas

fica mais facil de comprar sem levantar suspeitas, ele pegou varias

calcinhas, camisolase uns vestidos, pegou tbm umas roupas de menino e fomos

para o provador como tinha roupas masculinas no meio nao levantou suspeitas

, dentro do provador ele me deu as camisolas para ver se o tamanho estava

bom, olhei para ele e vi que seu pau estava duro, saimos dali cheios de

tesao e fomos para casa, ficamos o resto das ferias transando todos os dias

, ficava en casa de camisola e calcinha o dia inteiro, saimos para passear e

eu ia de calcinha por baixo da minha roupa ele sempre me alisava , passava a

mao na minha bunda na rua,uma locuraque nunca mais esqueci e ate hoje continuo usando calcinhas e lingerie.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: nestor
  • Membro desde: 27 de agosto de 2004

Outros contos de autoria deste autor nestor

  • Nenhum outro conto escrito por este autor encontrado.
Ultimos contos escritos por nestor »

Pesquisa