Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Meu cunhado tirou a virgindade do meu cuzinho

  • Enviado: 3 de janeiro de 2011 01:58

Corpo do conto

Olá, hoje vou contar como dei o meu cuzinho pela primeira vez. Sou morena, 1,70, 65 kg, marca de biquíni, seios pequenos, boceta apertadinha com poucos pelos e bunda grande que enlouquece qualquer homem. Perdi a virgindade da minha boceta aos quinze anos, desde essa idade tenho uma vida sexual bem ativa. Quando estava com dezoito anos, namorava um rapaz com a mesma idade que a minha, sempre que dava fazíamos sexo, nos dávamos muito bem na cama, ele sempre me pedia para comer meu cuzinho, mas eu negava, por medo. Meu namorado morava com uma tia, mas a família dele vivia em uma cidade perto da praia. Em um feriadão, fomos para a cidade ficar com a família dele. Na casa dos pais dele, viviam os pais e a irmã. A casa era pequena, por isso meu namorado já tinha combinado com o outro irmão que ficaríamos na casa dele. Quando chegamos, fomos para a casa dos pais dele e ficamos um tempo. Todos foram muito simpáticos. Depois fomos para a casa do meu cunhado. Quando ele veio abrir a porta, fiquei espantada com a beleza do meu cunhado, mas disfarcei. Meu cunhado era moreno, alto, corpo definido e bronzeado, sorriso encantador e uma cara de cafajeste, ele tinha vinte e cinco. Nós três conversamos bastante, mas como já estava tarde fomos dormir, mas antes de dormir eu fodi com meu namorado, mas pensando no meu cunhado. No dia seguinte fomos para a praia, coloquei um biquíni bem pequeno, quando meu cunhado me viu, me comeu com os olhos. Ele e meu namorado beberam muito durante o dia, na realidade, mais o meu namorado do que ele. Chegamos da praia, meu namorado tomou um banho e foi dormir, por que ele não tinha o costume de beber e, quando bebe muito, dorme logo. Fui tomei um banho, coloquei um vestido curto, sem sutiã e uma calcinha fio dental de renda. Fui à cozinha preparar um lanche, quando chego lá estava meu cunhado sem camisa, vestindo uma bermuda. Ele perguntou se eu queria alguma coisa, disse que ia preparar um sanduíche, quando peguei o pão em cima da pia, de costas, perguntei se ele queria um também. Nisso ele se levantou, ficou atrás de mim, me encoxou e disse que queria comer outra coisa. Quando disse isso, acaricia a minha boceta, que já estava molhada e beijava meu pescoço. Ele dizia que ia me fazer gemer mais que o irmão dele na noite anterior. Virei-me de frente para ele e nos beijamos. Fomos para o quarto dele, chegando lá, meu cunhado tirou minha roupa e chupou meu corpo tudo. Gozei com aquela língua na minha boceta. Depois de gozar na bica dele, pedi para ele ficar de pé, esfreguei meu corpo no dele, fui lambendo ele todo. Abaixei a bermuda, fiquei acariciando aquela rola dentro da cueca, quando tirei a cueca levei um susto, a rola dele era muito grande (23 cm) e grossa. Percebendo o meu susto, ele deu uma risadinha, e disse chupa o cunhadinho sua putinha. Cai de boca naquela rola, comecei chupando devagar e depois bem rápido. Ele puxou meus cabelos e me forçava a engolir ao máximo, sentia aquele pau na minha garganta, cheguei a engasgar e chorar. Babei aquele pau todo, ele tirou da minha boca e bateu no meu rosto. Chupei suas bolas e suguei o seu saco. Chupava olhando para ele. Quando ele percebeu que estava quase gozando, me deitou na cama, pegou uma camisinha, colocou na rola, deu uma chupada na minha boceta e começou a meter. Ele colocava devagarzinho, apesar de está muito molhada sentir um pouco de dor, por que sou muito apertadinha. Depois que me acostumei, ele metia cada vez mais rápido e forte, eu arranhava suas costas e gemia baixinho, por que meu namorado dormia no quarto em frente. Enquanto metia na minha boceta, ele me beijava, apertava meus seios. Depois ele tirou da minha boceta, deitou na cama e, me mandou sentar na rola dele. Subia e descia naquele pau, cavalguei bem gostoso, rebolava. Ele batia na minha bunda, me xingava. Estava adorando aquilo. Acabei gozando na rola dele. Depois ele me pôs de quatro, e metia sem dó na minha boceta, puxava meus cabelos, apertava meus seios e dava tapas na minha bunda. Não resisti e gozei mais uma vez. Enquanto metia na minha boceta, ele começou acariciar meu cuzinho e disse no meu ouvido que ia meter no meu cuzinho. Eu disse que não, que era virgem e que não ia dar. Ele jogou o seu peso em cima de mim, me deixando imobilizada e deu uma risada e disse adoro tirar cabaço de cu, ainda mais se for de uma putinha igual a você! Meu irmão é um otário, relaxa gata que você vai gostar! Hoje você é minha e vou comer seu cuzinho você querendo ou não. Fiquei sem ação e resolvi relaxar e deixar rolar. Ele se levantou, colocou o travesseiro embaixo da minha bunda e começou a lamber meu cuzinho. Senti um arrepio e estava gostando daquilo. Relaxei mais ainda, ele percebeu e colocou um dedo, quando me acostumei ele fez movimentos de entra e sai com o dedo no meu cuzinho. Gemia baixinho. Ele tirou a camisinha e veio na minha frente e me mandou chupar. Chupava bem gostoso, enquanto chupava ele enfiava dois dedos no meu cuzinho. Babei muito aquele pau. Ele tirou a rola da minha boca me beijou e disse vou comer seu cuzinho agora. Gelei na hora, mas sabia que não tinha mais jeito, então resolvi relaxar. Ele foi para trás de mim, me colocou mais empinada, deu uma chupada, salivando bastante. E começou colocar a cabeça daquela rola dentro do meu cuzinho, a pica dele estava ainda mais dura. Aquele pau entrando no meu cuzinho doía muito. Eu comecei chorar e pedir para parar, mas ele nem ligou e foi metendo, mais ainda, aquele pau no meu cuzinho. Comecei a chorar de dor e fiquei com a cara no travesseiro para abafar o meu choro, afinal meu namorado dormia no quarto em frente. Não demorou muito meu cunhado colocou tudo dentro do meu cuzinho, cheguei a desfalecer por alguns instantes, quando voltei a mim, ele estava com aquela pica inteira dentro do meu cuzinho, sem fazer nenhum movimento para me acostumar. Ele começou a acariciar minha boceta e um vai e vem com a rola no meu cuzinho. No início sentia dor, mas depois foi ficando gostoso e comecei a gemer de prazer. Ele percebendo que eu já estava gostando começou a socar forte e rápido. Aquilo foi me deixando mais excitada e eu pedia para ele foder mais forte e rápido. Ele puxava meus cabelos, batia na minha bunda, apertava meus seios e acariciava minha boceta, que já estava muito molhada. Estava gozando com aquela pica no meu cuzinho. Com a pica ainda dentro do meu cuzinho, ele me colocou de lado e continuou metendo. Ele me beijava, xingava, apertava meus seios e enfiava os dedos na minha boceta. Ele tirou do meu cuzinho, se levantou e me mandou ficar de quatro, bem empinada na poltrona que tinha no quarto. Fiz o que ele mandou. Ele bateu bem forte na minha bunda, abriu minha bunda, ficou admirando o meu cu arrombado, deu uma cuspida e meteu a rola, tudo de uma vez só! Ele metia sem dó, forte e rápido. Acabei gozando mais uma vez. Não demorou muito, comecei a sentir a porra quente do meu cunhado inundando meu cuzinho. Ele ficou com o pau dentro do meu cu até amolecer. Quando ele tirou do meu cu, senti aquela porra escorrendo pelas minhas pernas, me lambuzando toda. Levantei-me, fiquei de joelhos e limpei aquele pau com a minha boca. Fiz um boquete tão caprichado, que a rola do meu cunhado endureceu de novo. Chupava olhando para ele, bem rápido e forte. Sentia na minha garganta. Ele gemia de tesão. Até que não aguentou e gozou na minha boca. Engoli tudinho. Ele disse que o irmão dele era um cara de sorte por ter uma putinha como eu. E eu disse que quando quisesse podia usar e abusar dessa putinha. Sai do quarto dele, tomei outro banho e fui para o quarto, onde meu namorado dormia. No dia seguinte, eu e meu cunhado agimos como nada tivesse acontecido e meu ex-namorado não percebeu nada. Naquela viajem ainda dei mais algumas vezes para o meu cunhado e até hoje, às vezes ele me come, apesar de eu não ter mais nada com o irmão dele…

No Responses to “Meu cunhado tirou a virgindade do meu cuzinho”

  1. Muito show seu conto, fiquei de pau duro. escreve pra mim. lageano.lages@gmail.com

    Bjo.

  2. adorei seu conto gata vc e uma verdadeira putinha meu emaul e nil.do81@hotmail.com se pode me add vou adore

  3. muito bom! posso assumir que fiqui de pau duro na o tempo todo em que li sua narrativa. fantastica.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: morenagat19
  • Membro desde: 3 de janeiro de 2011

Outros contos de autoria deste autor morenagat19

Ultimos contos escritos por morenagat19 »

Pesquisa