Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Meu chefe me comeu

  • Enviado: 15 de junho de 2009 21:29

Corpo do conto

Meu nome é Barbara e que vou contar aconteceu quando eu ainda morava no Rio de Janeiro. Sou morena claro, tenho 1,75 m, seios grandes e corpo bem feito apesar de ter 40 anos. Sou casada há 18 anos e tenho duas filhas. Meu marido é muito carinhoso e sempre me tratou muito bem. Sempre fui fiel a ele e nunca havia pensado em trair meu marido já que na cama sempre fui muito bem servida. Acontece que nos últimos anos, meu marido sempre encontrava alguma maneira de falar de outros homens quando estávamos trepando. Aquilo o deixava muito excitado e ele metia como se fosse outro homem. Eu também aproveitava essa mania e passei a imaginar outro homens me comendo e aquilo estava me excitando de uma maneira que passamos a sempre ter outro cara na nossa cama. Eu trabalhava como secretária de diretoria no SESC e apesar de muito trabalho eu gostava. Sempre fui muito paquerada e apesar da minha postura, alguns homens sempre dizia alguma gracinha do tipo, como você é gostosa, se eu te pegar de jeito você vai a loucura e etc… O meu chefe, apesar da idade, era um coroa em forma e que me olhava com um olhar de cobiça e desejo. Passamos, eu e meu marido, a trepar como se meu chefe fosse o meu marido e como ele me comia gostoso. Meu marido dizia que estava olhando enquanto ele me fudia e quando gozava pedia pra dizer o nome do meu chefe e pedir para ele encher minha buceta de porra. O clima chegou a um ponto que sempre que chegava ao meu trabalho, assim que meu chefe chegava, minha buceta ficava encharcada de tesão. Contei isso ao meu marido e ele disse que estava na hora de dar a buceta pra ele e ver se ele tudo aquilo que nós imaginávamos nos nossos sonhos e desejos. Resolvemos então que eu iria dar para o meu chefe e que ele seria o primeiro homem a me comer sem ser o meu marido. Resolvemos que seria na festa de final de ano e como meu marido não iria poder participar e ver tudo, nós resolvemos que ele iria escutar pelo telefone.Depois de tudo combinado, ficamos esperando chegar o festa de final de ano pra colocar em prática nosso plano. Chegou o tão esperado dia e eu fui vestida para matar. Vesti uma blusa branca de seda transparente que deixava ver meus seios cobertos pelo sutiã branco, uma saia preta na altura dos joelhos, meias pretas e sapato alto que me deixava mais sexy do que sou. Uma maquiagem bem feita e um baton vermelho que fazia meus lábios mais sensuais do que são. Para compor, uma calcinha preta de renda novinha que eu havia comprado para a ocasião. Meu marido aprovou o visual e ficou com tanto tesão que queria me comer na hora. Eu disse que não podia pois estava toda preparada pra fazer dele meu corninho e ele acabou aceitando. Fomos para o meu trabalho e marcamos que tudo seria as 9:00 horas da noite e que ele deveria me telefonar nesse horário par poder ouvir tudo. Ele me deixou no trabalho e foi pra casa pois nesse dia ele não iria trabalhar. Chegando na festa fiquei cheia de tesão e meu chefe disse que eu estava deliciosamente sexy. Disse que era pra todos os homens da festa e principalmente pra ele. Ficamos bebendo e comendo e meu chefe não saía do meu lado, como pressentindo que aquela noite seria nossa. Depois da entrega dos presentes, disse ao meu chefe que queria dar o presente dele mas que não podeira ser ali pois o pessoal da empresa podia não entender e acabar falando mais do que o normal. Quando chegou a hora marcada, chamei meu chefe para ir até sua sala para que eu possa dar o seu presente. Sem ninguém perceber saímos de fininho e fomos para o andar da diretoria. Entramos primeiro na minha sala e depois na sala vazia do meu chefe. Quando está vamos la dentro, olhei para o meu relógio e vi que faltavam 5 minutos para as 9:00 horas e meu marido já ia me telefonar, Fui para o fundo da sala e pedi pro meu chefe fechar a porta a chave pois não queria ter nenhuma surpresa desagradável. Quando ele foi fechar a porta, me encostei na sua mesa e fiquei esperando ele se virar. Quando ele estava virado pra mim, comecei o meu jogo sedutor. Levantei um pouquinho a minha saia deixando minha coxa de fora e colocando minha mão por dentro da saia, peguei cada lado do elástico da minha calcinha e sem deixar ele ver nada, fui puxando minha calcinha até os pés me abaixando e pegando a peça de renda preta e dei pro meu chefe dizendo:

- Eu sempre quis dar ao Sr alguma coisa que se lembrasse sempre de mim e se o Sr não ficar chateado, gostaria de te dar a minha calcinha que eu comprei especialmente para esse momento.

Estiquei minha mão e passei para ele a calcinha. Meu chefe não conseguia mais esconder sua excitação e o volume que aparecia nas suas calças me deixava feliz e receosa pois o tamanho não era maior do que o normal e de que eu esperava. Ele pegou a minha calcinha e depois de sentir ela molhadinha do meu suco, levou até o nariz e cheirou com vontade enquanto passava a mão por cima do pau. Nesse instante, meu celular tocou e vi que era meu marido. Me virei de costa pro meu chefe e me apoiando na sua mesa atendi o celular e falei com o meu marido. Ele, como nós havíamos combinado, disse que viria me buscar em 10 minutos mas eu disse que ainda tinha que dar o presente do seu Brandão e perguntei se poderia vir em 20 minutos. Sem desligar o meu celular, coloquei ele na mesa para que o meu marido pudesse escutar o que iria acontecer e virando o rosto para o meu chefe eu perguntei:

- Seu Brandão, será que 20 minutos é o suficiente para o Sr. receber o seu presente?

Seu Brandão vindo na minha direção disse:

- Lógico que é mas eu queria mesmo era um dia inteiro.

Seu Brandão veio na minha direção e foi logo ajoelhando atrás de mim e caiu de boca na minha buceta completamente encharcada do meu mel. Ele me chupou e me fez gozar a primeira vez na sua língua. Eu gemia e o meu marido escutava tudo e devia estar se masturbando com meu gozo. Seu Brandão ficou em pé e encostou su pau dura na minha bunda e no meu ouvido disse:

- Bárbara, eu sempre tive um tesão enorme por você e não vejo a hora de enfiar meu pau na sua buceta cheirosa.

Ele então, levantou minha saia me deixando com a bunda nua, levantou a minha perna esquerda, me deitou na mesa e de costa foi enfiando seu pau na portinha da minha buceta. Ele forçou e a cabeça do pau entrou passando pelos meus lábios vaginais. Ele parou e lentamente foi enfiando todo seu pau até eu sentir seus pentelhos na minha bunda. Seu Brandão começou a meter e tirar seu pau e nesse momento eu comecei a dizer coisas que deixariam meu marido com mais tesão ainda. Eu disse então:

- Seu Brandão, eu não podia imaginar que o Sr tinha um pau tão grande. Enfia todo esse cassete dentro da sua secretária que eu estou louca de vontade de fuder com o Sr.

Ele disse:

- Você tem abuceta mais gostosa que eu já fudi e olha que eu já fudi muitas bucetas. Ela é apertada e quente e como é funda. Estou metendo tudo e ainda sinto que tem espaço pra mais pau. Você é deliciosa. É a melhor puta que eu já comi. Vou querer te fuder sempre. De hoje em diante não quero outra coisa se não te comer.

E eu dizia entre gemidos de prazer e tesão:

- Mete na sua putinha, mete. Vou te dar sempre que o Sr. quiser. Vou ser sua amante, sua mulher, sua puta, sua tudo.

Não tinha como não resistir e acabei gozando mais uma vez enquanto ele socava aquele pau gostoso e duro dentro de mim. Quando notei que meu chefe estava pronto para gozar, falei pra ele e meu marido ouvirem:

- Agora quero que o Sr goze dentro de mim. Quero sentir sua porra quente jorrando dentro do meu corpo e vou levar tudo pra casa e quando chegar la vou dizer pro meu marido que estou cheia de tesão e pedi pra ele me chupar que eu quero gozar na boca dele. Quero que ele sinta o sabor do seu pau e o gosto da sua porra e vê se ele se acostuma com o gosto porque depois de hoje sempre que eu der para o Sr vou mandar ele chupar minha buceta e sentir o meu prazer.

Seu Brandão, depois disso, não agüentou muito e gozou me enchendo a buceta de porra. Era tanta porra que ficou até difícil levar tudo pra casa sem desperdiçar. Acabei gozando mais uma vez, desta vez junto com o meu chefe. Assim que acabamos, já havia passado 30 minutos e meu marido já estava me esperando no carro. Sei que ele estava louco pra me fuder e que nem estava se importando com o meu atraso. Desci a minha saia, fui ao banheiro e coloquei um OB pra evitar desperdiçar a porra do meu chefe esaímos juntos do escritório, eu e meu chefe. No elevador, ele disse que está doido pra cmer meu cúzinho e eu disse que da próxima vez eu deixava ele comer a minha bundinha.

Dentor do carro, meu marido queria me fuder ali mesmo e acabamos indo para um Motel já que não dava pra esperar chegar em casa. Assim que entramos no quarto, meu marido queria meter logo na minha buceta mas eu disse que primeiro ele iria me chupar a buceta. Ele a principio não queria, mas quando eu deitei nua, de pernas abertas, com a buceta toda vermelha e inchada de tanto fuder com um pau enorme e com a porra do Seu Brandão saindo pelos lados, ele se ajoelhou na cama e depois de chupar bastante o meu clitóris, caiu de boca dentro dela e enfiava a língua pra buscar o que tinha dentro. Eu gozei feito louca e ele, depois de chupar bastante, meteu seu pau dentro de mim e me fudeu como nunca. Passamos a noite no Motel e trepando a noite inteira. De manhã, voltamos para casa e trepamos mais uma vez, sempre lembrando do pau do seu Brandão que depois desse dia passou a ser nosso incentivo para que o nosso amor dure para sempre.

Lógico que continuei fudendo com o meu chefe até quando nos mudamos do Rio de Janeiro e tive que deixar o trabalho, mas até hoje, continuo lembrando do meu chefe que foi o primeiro homem depois do meu marido a me fuder como mulher e como puta.

Hoje, moramos em outro estado e e stamos procurando outro homem para que meu marido possa me dividir.

Espero que entrem em contato comigo aqueles que querem ser meu novo chefe.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: B.Carvalho
  • Membro desde: 23 de abril de 2010

Outros contos de autoria deste autor B.Carvalho

Ultimos contos escritos por B.Carvalho »

Pesquisa