Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Marido e mulher – Desejos e prazeres de uma Vida

  • Enviado: 5 de maio de 2008 15:06

Corpo do conto

Ola! Meu nome é Luiza. Tenho 23 aninhos. Sou uma mulher casada e feliz e vou ter o prazer de revelar algumas intimidades de um jovem casal com total aprovação de meu maridinho.

Sou uma mulher bonita, atraente e sexy. Desde novinha que percebia que meu corpo despertava os olhares maliciosos de homens e de algumas mulheres.

Estaria mentindo se isso não mexia comigo, gostava da situação de ser desejada e admirada por meus atributos. Chegava muitas vezes provocar me excibindo com roupas ousadas. Vou tentar me descrever. Tenho 1,68m de altura e 57kg muito bem distribuidos.

Sou loira de cabelos longos e lisinhos. Um rosto bonito, olhos verdes e labios carnudos. Corpo: seios medios e firmes, barriguinha sarada e cintura fininha, mas um bumbum grande e arrebitado e par de coxas grossas e roliças.

Meu marido chama se José. Tem 25 anos. Vem de uma familia tradicional e rica de nossa cidade. Lindo e gostoso. Tem 1,85m de altura e 76kg. Um corpo malhado e gostoso. Faz tudo para me agradar. Como amante na cama e perfeito e adrora uma boa sacanagem e explora bem meu lado curioso e safado.

Nossa relação na cama não poderia ser melhor. Não temos nem um tipo de tabu. Estamos sempre buscando algo para melhor, apimentar e fazer muitas sacanagem mais cum muita sexualidade e erotismo. E foi assim que nos tornamos cumplices, nossas intimidades, desejos e segredos foram sendo revelados.

Ele adora me ver com roupas ousadas e sexy. Transar em lugares perigosos como carros, praia, ruas desertas com possibilidade e nos exibir e provocar tesão em outras pessoas. Em nossas transas imagivamos homens e mulheres juntos ao nossos corpos. Mas que esta começando existe insegurança quanto as pessoas.

E foi justamente uma pessoa queriad e admirada por nos que deu um dois maores prazer e cumplicidades de nossas vidas. Seu nome Tio Jorge.

Ele veio passar algums dias em nossa casa. Tio jorge estava morando na Europa onde cuida dos interesses da familia por lá. Gostava dele desde o inicio, pois no deu muita força ja que vinha de familia de classe media baixa e tem sempre aqueles preconceito. Mas ele foi muito legal naquela epoca. Meu marido ficou muito feliz por poder hospeda-lo.

Tio Jorge deixou a casa mais alegre ainda. Apesar de seus 40 anos. Continuava muito bonito, divertido e por incrivel que pareça solteiro. Digo isso, pois tinha fama de pegador. Como era muito brincalhão diza que não tinha encontrado uma mulher como eu. Que Jose tinha mais sorte que ele. passamos muito tempo juntos os tres. Almoços, praias e baladas.

Foi justamente no quarto dia que começou. Fomos a uma boate dancar. AS noite estava perfeita, um clima erotico no ar. Meu marido me pediu para estar linda e gostosa, pensei que ele estaria querendo aprontar. Fiz que pediu coloquei um saia de cor rosa bem curtinha e tecido molinho, uma calcinha branca e mini e uma blusa branca tomara que caia e uma sandalia de salto. Quando entrei na sala percebi que estava do jeito que gostava.

A noite foi maravilhosa e vou comtar os detalhes. A boate estava super cheia. Rolava musicas misturadas. Quando dançava percebia que meu mariodo e seu tio não conseguia tirar os olhos do meu corpo. Quando beijava meu marido percebia minha excitação. Os beijos estavam cada vez mais longo e com mais tesão tudo isso sendo observados por tio Jorge que ficava nos zuando. Tambem percebia que algumas mulheres ficavam dando mole para ele e estranhei pois fiquei com ciume.

Quando começou a toca um forro tio jorge me convidou. Duarante as musicas nossos corpos se esfregavam. Ele falava no meu ouvido como meu marido tinha sorte de casar com uma mulher bonita, gostosa, sexy e ousada. Desconversava. O safado estava de pau duro sarrando minhas coxas e falando que era gostosa, que se não fosse mulher do sobrinho ia me roubar eu sorria.

Quando voltei mei maridinho estava no mesmo lugar nos observando dancar. Deu um longo beijo de tesão e ele enfioi a mão por baixo de minha saia e disse: sua safada: Disse: que foi amor. Ele: voce esta toda molhada! Eu: claro amor que voce queria. Eu: eu voce´por que esta com esse pauziunho duro? Gostou de ver sua mulherzinha se esfregando em outro homem. Nesse momento nos atracamos e fomos interropindo por tio Jorge.

Quando chegamos em casa fomos direto para quarto. Jose apagou a luz e ligou o abajur, mas esqueceu a porta aberto e logo foi me agarrando com um cachorro no cio. Eram beijos quente e cheios de tesão de ambos. Ele ficava me chamndo de gostosa, safada e exibinda. Vi uma sombra no corredor e longo pessei. Tio jorge esta nos observando e não sei porque fiquei quienta, na verdade queria me exibir para ele. Disse: amor fala baixo, seu tio pode ouvir. Suas mãos ja percorria meu corpo em chama. Jose: aposto que ele ia adorar estar no meu lugar. Eu: que isso amor ele e seu tio. Jose: mas e homem pensa que não vejo como ele te olha e voce gosta sua safada. Me colocou na parede de costa e ficou passando a mão no meu corpo como se tivesse me revistando. Ficou de joelho no chão e desceu minha saia lentamente. semti minha bocetinha ficar encharcada.

Meu marido sabe como me deixar maluca. Passou sua lingua nas minhas coxas e no meu bumbum, foi ate a virilia e forçou entrada ainda com minha calcinha no meu cuzinho. Não aguentei e gritei:-amor ai nao, sabe que ele e virgem. Não tinha como negar mais estava gostoso de mais e o safado ficou revezando entree meu cuzinho e minha bocetinha molhada. Amor me respeita, sabe que isso não e certo, no cozunho não pode fazendo charm. Quem manda voce ser tão gostosa e safada; Fala baixo amor seu tio pode ouvir e percebi um movimento como se tivesse se tocando. Amor seu tio me chamou de gostosa, fica me olhando na sua frente e voce não fala nada. Jose: e voce gosta sua safada. Eu: claro quem não gostaria de sentir aquele mastro grosso e grande. Jose: como assim sua putinha. Quando estavamos dançando eu sentir, pensei em pegar. Jose: que fiz para ter uma mulher tao sada e putinha assim. Eu e porque sou gostasa e voce adora ver sua mulherzinha sendo desejada por outro macho.

Jose: voce ficou doidinha para da para ele sua safada. Eu: fiquei sim, imaginei ele me comendo na sua frente, na frente do meu corninho. Jose nao aguentou ouvir e penetrou minha bocetinha de uma vez so sem tirar minha calcinha. ERAM ESTOVADAS FORTE E GOSTOSA, ME FAZENDO FICAR DE QUATRO. Nao demorou e gozamos juntinhos. Deitamos na cama e conversamos respeitos e planejamos o que fariamos para provacar seu tio.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por:
  • Membro desde: 22 de agosto de 2014

Outros contos de autoria deste autor

Ultimos contos escritos por sara »

Pesquisa