Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Maravilhosa aula de dança com a nifeta loirinha

  • Enviado: 5 de outubro de 2001 01:02

Corpo do conto

Depois de ler muito os contos desse site, resolvi como muita gente faz, relatar minhas aventuras. Vou contar como iniciei a vida sexual, junto com uma ninfetinha que estudava comigo. Tenho 1,87 de altura, porte largo e nunca tive dificuldades com garotas. Eu fazia aulas de dança de salão com uma amiga de escola, tinhamos ambos 16 anos. O professor de dança havia pedido para que eu e ela fizessemos uma apresentaçao de dança junto com outros de seus alunos. Para tal, começamos a praticar juntos, ora eu indo na casa dela, ora ela na minha casa; sempre apos a escola. Numa dessas tardes treinos, minha mãe havia ido visitar uma tia e iria ficar boa parte do dia fora. Isso ja me deixou mais animadinho, afinal ficar sozinho com uma ninfeta loirinha, com olhinhos azuis lindos, peitinhos pequeninos bem durinhos, com mamilinhos rosadinhos e uma bundinha arrebitadinha de pirar qualquer um, era motivo de festa. Num dos passos da dança eu deveria ficar atras dela segura-la na cintura para joga-la para cima, me aproximei delicadamente dela por trás e aproveitei para dar-lhe um abraço, inicialmente inocente, soh que aquele corpinho delicado sob meus braços e aquele perfume maravilhoso começaram a mexer com a minha cabeça, minha calça adquiriu um volume rigido muito depressa e naum pensei duas vezes em aperta-la contra meu corpo para deixar em contato aquela bundinha linda com o volume na minha calça. A bundinha dela era macia e me fazia pirar ainda mais, foi quando olhei para ela e ela me olhava com o canto do olho com um sorrisinho muito sacaninha, naum aguentei e beijei aqueles labios rosados macios, foi um dos melhores beijos que dei, quente, delicado, intenso, me fazendo pirar e começar a alisar todo o corpinho dela indo direto para os peitinhos: era durinhos, os biquinhos estavam eriçados e dava pra sentir até mesmo com a camiseta por cima. Comecei a levantar a camisetinha dela e quando vi jah estava com os dois peitinhos na minha mão, nuzinhos, sem sutien nem nada. Os biquinhos rosadinhos pontudinhos eram uma delicia de apertar, apalpar e meus beijos no pescoço dela começaram a fazer ela dar pequenos suspiros. Naum conseguia parar pra epnsar no que estava fazendo, era tudo um impulso, se pensasse naquele momento naum iria em frente, provavelmente. desci minha mão e coloquei dentro da calça dela, comecei a passar a mão na xaninha por cima da calcinha, que estava ficando molhadinha, ela aumentou o numero de gemidinhos no meu ouvido. Entaum fui abaixando sua calça e a calcinha junto deixando a ninfetinha nuazinha, foi entaum que pude ver aquela bundinha com marquinha de biquini, toda arrebitadinha. Peguei ela no colo, sentei na cama e coloquei ela em cima de mim, alisava todo o corpo dela, deitei ela na cama e comecei a beijar desde os labios, chupando os peitinhos, dando mordiscadinhas nos biquinhos (que faziam ela dar gemidinhos mravilhosos e que me faziam pirar ainda mais) até que cheguei instintivamente na xaninha dela, meio sem saber o que fazer naquela hora e com medo dela perder o tesão, abri a xaninha e dei um banho de lingua nela, ela se contorcia toda, se mexia muito e dava alguns gemidos bem fortes, alguns gritinhos, misturados com palavras sem sentido, foi quando ela me segurou e falou: “Só eu vou ficar nua aqui?” . Perdi meu controle, arranquei minha calça e a cueca, liberando meu penis que estava uma rocha, ele tem tamanho normal, mas é bem grosso, pricipalmente a glande e foi isso que deixou ela assustada, aproveitei a perplexidade dela para colocar meu penis na sua boquinha linda e pedir um boquete. Foi maravilhoso, ela me chupava como se fosse um pirulito, dedicada, retribuindo minha lingua na sua xaninha. Eu cada vez mais pirado, notei que iria gozar, joguei ela na cama e como o penis lubrificado, duro e muito grosso, comecei a forçar a penetraçao, ela respondia com gemidos de dor, e pedindo pra parar, aquela vozinha angelical pedindo por favor ao mesmo tempo que gemia, me descontrolava e eu forçava mais, até que consegui colocar até o fim e comecei a fazer movimentos muito rapidos feito um animal, arrombando de vez a xaninha dela, os gemidos de dor começaram a ficar com cara de prazer e serem mais intensos, a ninfetinha com vozinha angelical entre mil gemidos pedia mais, me entrelaçou com as pernas para ter certeza que eu naum iria sair e me precionava contra seu corpinho mais e mais, até que seu corpinho estremeceu todo e ela deu um urro muito alto, se contorcendo muito, o intenso orgasmo dela me fez ficar com mais tesao e finalmente explodir em um gozo quase infinito…caimos cansados os dois e desde esse dia todos os treinos de dança agente terminava com uma transa dessas…Garotas que quiserem estabelecer contato, saber mais detalhes ou quem saber ter uma experiencia igual, mandem um mail!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa