Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Julia abusou do minivestido na frente do tio…

  • Enviado: 25 de novembro de 2013 11:59

Corpo do conto

(escrito por Kaplan) blog
O tio de Julia estava calmamente saboreando as imagens de uma revista masculina, deliciando-se com o pôster central, quando ela chegou em seu apartamento. Como tinha a chave, ela entrou e pegou o tio “no flagra”. Mas levou na brincadeira, pois sabia que ele assinava aquela revista e muitas vezes eles as viam juntos.
Mas chegou com uma roupa não muito apropriada. Com o tio já excitado pelas fotografias da revista, o minivestido que ela usava só podia provocar um efeito! Ao ver as belas pernas da sobrinha, o tio não conseguiu resistir; passou a mão nas pernas dela, que se arrepiou toda. Não tinha ido com esse propósito, mas como iria resistir? O toque da mão dele em sua perna foi semelhante a um raio que percorresse seu corpo, da cabeça aos pés.
Teve de se sentar, de tão trêmula ficou. E o tio, bem safado, vendo que ela já estava pronta para a ação, abaixou a calça e mostrou-lhe o pau, já duro, ansioso para que a boquinha dela fizesse o que ambos tanto gostavam.
Na mesma hora ela pegou no pau dele, e ficou sorrindo, já pensando na alegria que teria em seguida, quando ele a penetrasse e a fizesse gozar como uma maluca. Sentada, ele em pé, ela mostrou a língua para ele e levou-a até a cabeçorra do pau, forçando para tentar entrar naquele buraquinho que sempre despejava um leite bem gostoso para ela tomar.
E então, ajudou o tio a tirar a roupa toda, ela também se posicionou, tirando a calcinha e suspendendo o vestido até acima dos seios. Sem tirar o vestido, ela se apresentava completa em sua nudez para ele. Os seios lindos, a barriguinha bem chapada, a xotinha perfumada… que ela começou a acariciar enquanto sua boca recebia o pau do tio e ela o chupava, bem lentamente, como sempre gostava de fazer e ele adorava receber.
Terminando o boquete, ela olhou para ele, como se esperasse uma ordem para ficar em tal ou qual posição. Não teria importância qual ele escolheria, o que ela queria, ardentemente, era sentir aquele pauzão dentro de si, cutucando-a, fazendo-a suspirar e gemer até atingir o gozo profundo, que só ele conseguia lhe proporcionar. Ele entendeu o olhar dela, nada falou, apenas sentou-se no sofá, segurando o pau bem ereto e ela entendeu que ele queria que ela o cavalgasse.
Adorou a ideia, foi sentando, de costas para ele, de olhos fechados, sentindo cada centímetro de sua xotinha ser penetrada… deliciosamente, como sempre! E cavalgou, com toda a vontade e já se aproximava o momento tão esperado, quando ele a virou, para ficarem de frente, e pegou nos peitinhos dela, e os chupou e aí o gozo foi muito maior, ela não conseguiu evitar um gritinho quando sentiu seu corpo ficar quente, rígido e depois relaxado…
- Ah! Tio, delicioso como sempre…
- Ainda não acabou não, minha querida… tem mais… esqueceu que você tem outro buraquinho que eu adoro?
- Claro que não, tio… vamos lá, use-me e abuse-me!
Ficou de quatro, empinou a bundinha e o tio comeu seu cuzinho também.
Fica o alerta para as sobrinhas: não usem vestidos muito curtos quando os tios estiverem vendo revistas masculinas! Ou usem, se quiserem sentir o mesmo gozo que Julia naquele dia!

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa