Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Gozando com a calcinha da caseira!

  • Enviado: 23 de junho de 2002 02:06

Corpo do conto

Olá bom, eu sou o Toro e hj irei contar algo que me deu mais tesão em toda a minha vida. Eu morava no centro de uma cidade do interior paulista, mesmo sendo no interior a cidade era grande e tinha os mesmos problemas da capital. Meu pai comprou uma casa muito grande com quadra de futebol , piscina, e area para churrascos na mesma cidade mas num bairro um pouco mais afastado. Por ser uma casa muito chamativa e num bairro muito humilde os garotos do bairro começaram a pular dentro de casa e rouba-la.

Meu pai para fazer a segurança contratou um casal para nos servir de caseiros naquela casa pois morávamos no centro e so iamos la nos finais de semana. Ele contratou um casal nordestino muito jovem deveriam ter em torno de 26 anos. Eles nào tinham filhos pois a mulher tinha um problema de fecundação e isso foi um dos pontos por meu pai ter contratado eles pois ele não queria crianças por la. A caseira era muito gostosa tinha umas coxas grossas e uns peitinhos que davam muito tesão. Ela usava sempre roupas muito apertadas e curtas. O tempo passou e eu sempre batendo punhetas muito gostosas por ela. ate um dia que o casal se separou por um motivo desconhecido por mim. O rapaz resolveu voltar para o nordeste e a mulher queria continuar trabalhando em casa… meu pai contratou um outro homem para nos servir no lugar do rapaz e construi um quarto no lado de fora de casa…

Num sábado a mulher disse que iria sair para visitar uns parentes numa cidade próxima e o caseiro iria à uma feira de animais na minha cidade. Meus pais tinham que sair para resolver alguns negocios por isso eu fiquei encarregado de cuidar de casa … até pensei em chamar uns camaradas faze uma festa pois iria ter aquele casarão so para mim no final de semana. Mas resolvi dar uma espiada no banheiro da caseira encontrei a cesta de roupas la e logo que abri encontrei a sua calcinha nossa que tesão ela tinha usado aquela calcinha a pouco tempo e ela estava muito cheirosinha e molhadinha peguei fui pro meu quarto e comecei a cheirar nossa bati uma das melhores punhetas da minha vida depois fiquei esfregandon a calcinha no meu pau. Enrtrei no banheiro dela de novo e peguei uma outra calcinha e fiz o mesmo nossa que tesão!

Na segunda ela voltou como eu não iria ter aula aquele dia fiquei em casa so eu ela e o caseiro. ela ficava dando uns olhare pra mim que eu naum entendi depois ela foi tomar banho e depois disse que iria compra pão para me fazer café da tarde corri logo pro seu banheiro e peguei aquela calcinha fresquinha e cheirei , toquei e gozei nossa que tesão que eu estava sentindo por ela.

Ela sempre trancava a porta do quarto dela mas naquele dia ela deixou aberta , não resisti e entrei abri as gavetas e encontrei muitas calcinhas sem uso todas com cores muito marcantes e minusculas… fui abrindo as gavetas ate que encontrei algo que me intrigou ela tinha muitas revistas pornos e uma replica de pinto que estava muito velha …

Achei que ela estava sedenta de sexo e que estaria tedno o seu consolo com aquilo muito velho pois estava com uma parte meio ragada e tinhas algumas cores desbotadas.. achei normal pois ela era muito humilde… pensei em dar a ela meu consolo mas o medo de recusa e que ela contasse aos meus pais me baniu de cometer uma loucura logo depois naquela noite bati 2 punhetas pensando nela …

O tempo passou.Como nós não moravamos naquela casa apenas as roupas dela e do caseiro eram lavadas la mas como eu estava de ferias e meus pais estavam trabalhando fui passar as minhas ferias por la sozinho com ela sempre chamava meus amigos para dar um mergulho na piscina ou jogar um futebol , e não economizava na hora de trocar de roupas ela então lavava as minhas e suas roupas juntas e um dia quando fui pegar uma cueca depois do banho encontrei uma de suas calcinhas la , não sei se ela deixou la por engano ou propósito mas so sei que aquele cheiro me deisxou alucinado mesmo por estar lavada tinha um cheiro alucinante bati uma punheta e resolvi ser muito cara de pau .desci as escada e fui a cozinha onde ela estava lavando a louça a chamei e disse que ela esquecera no meu quarto e lhe devolvi a calcinha punhetada, ela ficou muito envergonhada e me pediu desculpas e eu disse: “que isso não se preocupe que eu até que gostei” ela deu uma risadinha e levou ao seu quarto para gaurda-la depois naquela noite eu estava assistindo a uns filmes pornos na Directv e coloquei o volume um pouco alto pois meus pais não estavam la percebi que ela esta escutando atras da porta do quarto dela os gemidos do filme…

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por:
  • Membro desde: 30 de outubro de 2014

Outros contos de autoria deste autor

Ultimos contos escritos por »

Pesquisa