Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do BRASIL estão aqui!

Tipo do usuario: guest

finalmente sou corno

  • Enviado: 9 de dezembro de 2004 10:31

Corpo do conto

finalmente aconteceu, sou corno.

Há algumas semanas pude ver minha piranha trepada numa pica gemendo e gosando gostoso.

Há mais de um ano eu timha esta vontade de ver a minha esposa sendo rasgada por uma pica e dessa vez finalmente aconteceu.

minha vontade começou quando numa conversa depois de uma trepada ela ma disse que nunca havia transado com ninguém até que nos conhecemos, naquela época ela tinha 19 anos, até aí ela já havia me dito isto e como eu não costumo demonstrar nenhum ciúme exagerado e até já havia contado para ela algumas de minhas transas antes dela não tinha razão para duvidar do que ela me dizia. Só que dessa vez ela também confessou que se arrependia disso e que gostaria de ter trepado antes, ela dizia:

perdí tanto tempo porque tinha medo de engravidar ou pegar uma doença mas eu deveria ter colocado umas camisinhas na bolsa e ter saído por aí dando bastante, eu teria dado para todo mundo da minha turma, como me arrependo.

desde então que só penso em vê-la transando de preferencia com vários homens. No inicio eu não sabia bem o que fazer até que então tive uma ideia para tocar no assunto com ela, afinal eu queria que ela trepasse com outro, não que me largasse.

numa tarde eu saí comprei uma bebida que ela gosta e à noite durante uma conversa deitados sobre o tapete da sala bebemos e já altoas pela bebida, ela fica alterada rapidinho quando bebe, comecei a instigá-la e ela me confessou que seu grande desejo era ser fudida por dois homens de uma vez, aproveitando então a oportunidade confessei que adoraria vê-la trepada no caralho de alguém.

depois disso eu comecei com os preparativos e coloquei anuncios na internet pois queria que fosse um desconhecido que comesse minha mulher, estava desconfia da ideia de fazer isso com um amigo, mas para minha descepção ela não se interessava pelas várias mensagens que recebiamos como resposta e o assunto foi ficando meio esquecido. Então lembrei que naquela noite ela citou um dos meus amigos como uma possibilidade de alguém com quem ela transaria e como eu ja não aguentava mais de vontade ser corno telefonei para este amigo, tomando cuidado para que ela não ouvisse e lembrei a ele de uma vez que juntos tinhamos comido uma prostituta, na ocasião não tinhamos achado muito legal (como ja havia contado esta história para ela acho que dai ela tirou a vontade de dar para o meu amigo) . então falei para ele que tinhaarrumado uma safadimha que iria dar para nós dois, dessa vez não seria uma prostituta, e ele se animou na hora. Marquei então dele passar na minha casa e eu arrumaria uma desculpa para minha mulher e iríamos ao encontro da putinha que daria para nós já estava tudo arranjado pedí apenas para me ligar quando ele estivesse na esquina.

depois de uns quarenta e cinco minutos o telefone tocou e minha mulher atendeu, disse então que nosso amigo estava passando por perto e tinha resolvido nos visitar só telefonou para saberse estavamos em casa. até ai tudo bem. quando ela desligou o telefone eu disse a ela:

olha se você quer dar essa buceta, a oportunidade é essa ele esta vindo aí porque eu o chamei para comer você. decida-se olgo você quer ou não dar prar ele?

depois de uma rapida duvida ela me disse que queria trepar sim então a mandei que fosse para o quarto e deixasse a porta apenas encostada elaa teria cinco minutos para se preparar enquanto isso eu ficaria com nosso amigo nasala conversando.

logo depois nosso amigo chegou e disse a ele que a putinha que iriamos comer estava nao quarto e perguntei se ele sabia quem era.

ele ficou um pouco confuso mas certamente percebeu o que estava acontecendo então eu contei que minha mulher não tinha transado com outros homens ainda e que se ela queria dar eu achava justo e preferia que fosse com ele, sem dar chance dele dizer que não abri a porta do quarto e minha esposa ja estava de quatro sobre a cama com a bunda virada para nós só de calcinha tipo fio dental, preta e uma camisola tranparente com padronagem de oncinha. ela não olhava para nós, entramos no quarto e ele começou a tirar a roupa logo estava só de cueca eu fui até a cama e tirei a calcinha dela. (só para saber ela tem 1,46m, é branca-as vezes queima-se um pouquinho ao sol e é bem peitudinha). ela então separou um pouco mais as pernas e eu puxei uma cadeira para perto da parede do quarto. meu amigo se aproximou com a pica durissima (deve ter uns 22 a 24 cm e mais grossa um pouco que a minha) e meteu na bucetadela com gosto, depois ela trepou na jeba e cavalgou bastante, eu tirei algumas fotos e batí uma punheta maravilhosa quando ela ficou de quatrocom ele enfiando ate o talo naquela buceta gostosa. ela começou a gritar um pouco contida para os vizinhos não ouvirem e gozou feito uma louca. depois disso ela ja aceitou dois novos a migos pelos anuncios de internet e eu venho gozando a valer levando chifre. mas estas são outras historias.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Tinder e happn das acompanhantes!

Pesquisa