Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Consulta da minha esposa, com o Dermatologista

  • Enviado: 31 de janeiro de 2010 22:47

Corpo do conto

Bem, conforme conto anterior, “Consulta da minha esposa com o clinico geral”, após este episódio eu comecei a falar com minha Lú, sobre duas manchinhas que ela tem uma em cada polpa da bunda, são insignificantes, mas, sabe como são as mulheres… Antes vou descrevê-la visto que podem ler este conto primeiro antes do outro, ela é mignon tem seios médios, linda de corpo, não é do tipo exagerada “gostosona” é mais para a delicadeza de uma “gostosinha”, continuando, comecei a atentá-la dizendo que ela precisava ver com um médico por causa dessas manchinhas. Ela, de principio, não se incomodou, mas toda vez que eu tinha a oportunidade falava, até que um dia ela disse que iria ver as manchas, inclusive umas pintas novas que apareceram em seus seios, tudo insignificante exceto uma marquinha na aréola de seu seio, que parecia ser diferente, mas tudo tranqüilo, o meu maior problema agora era convencê-la a ir num médico dermatologista homem, eis que ela já tem uma dermatologista mulher que eu sequer conheço. Então veio à oportunidade um amigo havia comentado comigo sobre um dermatologista excelente num bairro não muito distante do meu, porém um bairro que não freqüentamos, ai eu falei com ela que queria que ela marcasse uma consulta, ela se negou dizendo que ficaria envergonhada, eu disse a ela que não haveria do que se envergonhar tendo em vista que ela era linda e que eu estaria ao lado dela, e o medico é um profissional, ela ainda intransigente, mas eu pedi porfavoorrrrrrrrrrrr, atenda este meu pedido! Ela, não tendo como negar, concordou. Pronto, sinal verde, eu mesmo liguei e marquei a consulta e falei com aminha esposa que não falaríamos que fomos indicados pelo nosso amigo.

No dia da consulta, ela em casa se arrumando e eu olhando, ela me pega uma calcinha dessas de lycra normal, eu então falei, para ela colocar uma que era tipo tanguinha que seria mais decente, ela riu meio que abismada, pois sempre peço que ela use calçinhas pequenas, mal sabia que minha intenção era outra. Ao chegarmos a clinica, fomos logo atendidos, o médico era jovem, porém mais velho do que a gente. Sentamos e ele começou a entrevista, perguntando se, no verão, ela vai muito à praia, se faz depilação, ela disse que sim adoramos praia, já fiz depilação a laser, mas agora só com cera de vez em quando… Em fim, fez todas aquelas perguntas de praxe, eu falei com ele que ela estava com as marquinhas e aproveitei para falar que ela tinha vergonha pelo local, o médico fez com que ela ficasse bem à vontade e, ao final, ainda aproveitei e disse que ela estava, também, envolta do ânus com uma marquinha escura, ela me olhou com olhar 43, quase me matando!

O médico, então, pediu que ela fosse para o biombo e se despisse, eu fiquei aguardando, ela veio com aquele avental vestindo a tanguinha e o sutiã da mesma cor, ele pediu que ela ficasse de frente a um espelho de pé ele sentou-se em um banco e pediu para ela tirar o avental. Ela tirou e eu, meio sem graça, e ela ali só de tanguinha e sutiã na frente do médico. Ele, então começa a fazer um exame geral, tipo minucioso, começou pelas costas depois pediu para ela virar e foi examinando, pediu que ela solta-se o sutiã ela atendeu seus seios saltaram na frente do médico ele já estava de luvas e começou a tocá-la vez outra para e olhava mais atentamente, tudo ainda muito superficial, eu já tava de pau durango, ai o medico perguntou onde era a manchinha, eu então falei ai na popa da bunda ele então pega a tanguinha por baixo e dá uma pequena enterradinha na bundinha dela em um dos lados, não sendo muito suficiente, (minha esposa nessa hora deve ter percebido minha intenção dela usar a tanguinha hehehehehe…). Pede, então, para ela deitar na maca, ela deita de bruços ele então fala pra ela que vai descer um pouco sua calcinha, nessa, fico doido e chego mais perto, ele então abaixa até altura final de sua bunda ficando então a calcinha nas coxas, ela o ajudou levantando um pouco a bunda, o medico começa a olhar as manchas alisando as polpas, esticando e puxando de um lado para o outro, pede então que ela se vire e ela, totalmente sem graça, vira e nos deixa maravilhados com aquela racha toda depilada. O medico dá uma meio que, parada, e volta a examinar os seios, mas desta vez debruçado sobre ela quase babando em cima, eu percebo que o medico tá um pouco desconcertado, ele pega o bico do seio e fala sobre a marquinha que realmente tava nos preocupando, mas esclarece que não tem nada demais, pega no bico do peito e puxa e estica e claro fica logo duro, minha mulher nessa hora tava com os olhos meio que fechados, ele olha e toca pintinha por pintinha dela, quando acabou com os seios foi descendo até a virilha e pergunta se ela tem alguma irritação, ela diz que não, ele ainda acha alguma coisa lá e pede que ela abra um pouco as pernas, nisso, eu tava na parte de traz da maca, em pé, ou seja, de frente para xana gostosa dela, quando a vi se abrindo, meu irmão, o pau só faltou pular pra fora, ele dá mais uma olhada na boceta, tocando somente na virilha, e estica e puxa, mas tudo muito profissional, viu que ela tava com um pelinho encravado próximo ao lábio da vagina, esticou o braço e sobre uma mesinha pegou uma pinça, e pegou na boceta meio que sem jeito por causa da posição e conseguiu tirar o tal pelinho, disse a ela pra ter cuidado pois poderia um pelinho desses trazer um grande problema. Pediu então para ela se virar e novamente voltou pra bunda, ai que fodeu “mermo”! Lembrei a ele do anelzinho escuro no ânus da minha esposa, ele começou a abrir a bunda dela segurando de um lado e de outro, mas estava complicado examinar! Eu quase me oferecendo pra abrir a bunda da minha esposa pra ele, mas não foi necessário, pois ele pede a ela pra ficar de joelhos, melhor ficar com os joelhos em cima da barriga, quase como de quatro, ah vocês devem estar entendo, cara eu ali naquela posição em pé ao final da maca só observando, nessa posição o anelzinho dela parecia uma florzinha era lindo, o médico começou a examiná-la, passando os dedos no seu cuzinho disse que parecia não ser nada demais, perguntou se ela já tinha feito sexo anal, ela disse que sim, mas não com muita freqüência ele a toca novamente e eu o vejo tocando seu cuzinho e introduzindo de leve até sua primeira junção, pra não dizer preguinhas pois ela já não tem nenhuma pois eu mesmo arrebentei com todas, ele examina tira, bota , o cuzinho da minha esposa parecia querer mais, o médico finaliza me chamando e mostrando o cu todo exposto informando que não há nada de errado e realmente eu olhando agora já não via mais a manchinha escura que existia, resultado da consulta, o médico passou um medicamento para ser aplicado duas vezes por dia na popa da bunda onde realmente havia as manchas e pediu para voltarmos em 30 dias, para nova verificação, claro que eu mesmo passei o medicamento todos esses dias, ao chegarmos em casa, e, é claro, que rolou um super sexo, inclusive anal, coisa que ela só me dá, quando tá muito excitada, bem amigos este é nosso conto o retorno ao médico???? Hã! Bem, tá marcado para fevereiro de 2010. Quer saber mais??????????????????????.

No Responses to “Consulta da minha esposa, com o Dermatologista”

  1. acho que antes do medico comer vou primeiro am.vaqueiro2009@hotmail.com

  2. massa

  3. me da o tel do medico ??

  4. Acompanharei de perto essa segunda parte !
    Delcia de conto.

    MSN: caralegalbangu@hotmail.com

  5. Delicia de conto!!! Parabns.

  6. quero saber mais sim, se vc quizer fazer um exame ginecologico, traga-a mim
    moreno_garanhao@hotmail.com

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: Denitro2010
  • Membro desde: 22 de janeiro de 2010

Outros contos de autoria deste autor Denitro2010

Ultimos contos escritos por Denitro2010 »

Pesquisa