Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do BRASIL estão aqui!

Tipo do usuario: guest

Como me tornei amante de um casal (conte de Bruna F.)

  • Enviado: 18 de abril de 2017 10:30
Como me tornei amante de um casal (conte de Bruna F.)

Corpo do conto

Minha amiga Bruna pediu pra publicar este conto:

Sou Bruna, 30 aninhos,solteira, 1,65 de altura, branquinha, loirinha, corpão tipo violão, tenho uma bundinha grande empinada e redondinha além de uma cinturinha fina e seios de médios para grande, durinhos, bicudinhos e meus mamílos são arrebitados e ouriçados sempre naturalmente, não uso sutiã e minhas calcinhas são sempre fio dental.
bom, depois desta descrição de quem eu sou, vem o conto que aconteceu comigo e foi real.
Sou monitora de educação infantil numa escola da zona oeste do RJ, trabalho com aluninhos de 8 e 9 anos de idade, neste último verão, muito calor e me preparei pra ir à praia da Barra, escolhi ir no posto 5, vesti meu bikininho fio dental azul, tão pequeno e cavado (como gosto de usar),enfiadinho na bunda até o talo mostrando tudo que tenho e adoro mostrar, a parte de cima cobria delicadamente meus mamilos, adoro me exibir, me considero uma mulher bonita e muito gostosa, sei que chamo a atenção de muitos na rua e adoro isso, bom, parei o carro numa rua próxima, ainda eram sete horas da manhã, adoro vir à praia cedinho, e atravessei a rua usando por cima do microbikini um shortinho de malha arrochadinho na bundinha, chegando na praia abri minha cadeira e tirei o short e passei o protetor, sentei e fiquei me bronzeando, algum tempo depois me levantei pra ir na água me molhar e ouvi uma vozinha me chamando: Tia Bruna!!!!!
Era uma aluninha com seus pais.
Oi Lindinha e nos abraçamos, ela me puxou pra conhecer seus pais, um casal de uns 40 e poucos anos ambos, ela uma mulher morena e linda e ele um homem malhado, cabelos meio grisalhos e lindo, sua professora? perguntou o pai, sim disse a menina toda feliz, a mãe me chamou pra ficar com eles na praia e concordei, a princípio fiquei brincando com minha aluninha, e seus pais me olhando, pareciam me censurar por causa de meu bikininho,algum tempo depois me sentei ao lado do casal que foi logo puxando papo, se demostraram interessados em mim e fizeram várias perguntas, se era casada ou tinha namorado etc, a mulher estava mais interessada e fomos as duas na água, quando mergulhei meu bikini saiu do lugar mostrando meus seios ela pôs o sutiã no local e disse, você tem seios lindos passando a mão neles e dando uma bolinada, aliás você é muito linda e gostosa, disse a mãe, fiquei meio sem graça mas percebi que poderia ter outra intenção e deixei rolar, papo vai, papo vem, rimos muito e ela começou a me cantar, dizia que eu era linda, minha bunda era maravilhosa e eu tinha um corpo delicioso, agradecia a cada elogio até que ela foi direto ao assunto, que tal irmos pra um lugar mais tranquilo? Deixo minha filha em casa com a babá e vamos!!! Mas seu marido? Perguntei, ele vem conosco se quiser, quero, respondi, saimos da água, ele acenou alguma coisa pro marido que entendeu e antes de chegarmos no local das cadeiras ele já estava se arrumando pra irmos, combinamos que eles iriam em casa, que era ali perto, deixar a menina e eu ficaria esperando, uns 20 minutos depois voltaram e fomos, fomos direto pro motel mais perto, chegando logo começaram as carícias em mim, os dois começaram a me beijar a acariciar o corpo lindo e gostoso que tenho, a mulher tirou a parte de cima do bikini e começou a mamar meus seios e o marido foi tirando a calcinha e abriu ainda em pé minhas pernas alisando minha bundinha e lambendo minha xoxota, delirei, claro que não era a primeira vez que saio com um casal, mas nunca havia saído com um casal maduro e experiente, fui conduzida à cama e deitada de pernas abertas, os dois vieram pra cima e começaram a me chupar e lamber o corpo todo, delirei e gemia alto, senti um dedo me penetrar a buceta e outro na bunda, o troca troca em mim foi maravilhoso, a mulher deitou e cai de boca na buceta raspadinha da safada, e fui penetrada pelo macho que me lambia a buceta, pica grossa e grande, entrou deslizando em minha buceta encharcada de tesão, gemia como uma puta e eu era uma naquele momento, virei e fui chupar sua rola maravilhosa enquanto sua mulher me lambia meu cuzinho e a buceta, foi maravilhoso todo esse carinho e tesão que rolou, a gata deitou e sentei na sua cara enquanto seu marido a fodia deliciosamente, ele acariciava meus seios e nos beijavamos , ela gozou louca e escandalosamente dando mordidinhas e sugando minha buceta, trocamos de posição, fiquei de quatro e fui chupa-la enquanto seu marido socava a pica na minha bucetinha, segurava em meu quadril e bombava com tanta vontade que acabei gozando e como estava no clima gozei urrando e gritando de tesão, ele começou a bombar pra gozar mas pedi deliciosamente pra fuder meu cuzinho, ele parou e tirou da minha buceta, lambeu meu cuzinho e deixou bem molhadinho, pronto pra sua piroca gostosa, posicionou na entrada do meu cuzinho e foi forçandp devagar a entrada e como era uito grande sua rola doeu pra cacete, vai devagar, devagar, dizia gemendo baixinho pela dor que estava entindo, mas fui eu quem pediu então vamos lá, foi entrando devagar e a cada centimetro parecia que ia me rasgar o cuzinho, enfim, entrou tudo e a dor parecia que ia diminuir, ele parou e perguntou se estava tudo bem, acenei com a cabeça que sim gemendo baixinho, ele começou devagar um vai e vem e foi aumentando o rítimo devagar até que alcançou o rítimo louca de sua pegada, eu gritava e gemia alto num mixto de prazer e dor, prazer que eu nunca havia sentido antes na vida, socava no meu rabo tão loucamente que ele também urrava de tesão e sua mulher parecia me dar apoio pra aguentar me acariciando e beijando meu corpo, parecia que não ia gozar nunca mais, meu cuzinho já estava ardendo pra caralho e ele não cansava e nem diminuia a pegada, fode tua puta, arromba meu cuzinho, soca porraaaaaaaaa!!! Gritei gozando de novo uma gozada longa e intensa, ele anunciou, vou gozar, tirou do meu cuzinho e nos posicionamos, sua mulher e eu na sua frente enquanto se masturbava pra jorrar sua porra em nós, e logo um jato quente atingiu as duas ao mesmo tempo, e seguiu gozando, muita porra, ficamos as duas banhadas de porra e nos beijamos e lambemos uma a outra, beijos na boca e nos seios uma lambando a outra e bebendo esse porra deliciosa de seu marido, deitamos os três suados e exaustos e dormimos um pouco, fomos tomar banho e no banho nos pagamos a gata e eu, u beijo molhado mamei seus mamilos e ela os meus ,chupamos a buceta uma da outra até gozar de novo, virei-a de costas e bijei e lambi sua bunda gostosa atingindo seu cuzinho delicado e rosadinho, gemeu e voltei pra sua buceta, ela gozou na minha boca, nos beijamos delicadamente e demoradamente, saímos do banho nos vestimos e fomos em bora, quando me deixaram perto do meu carro me deram um dinheiro, a princípio recusei dizendo que eu não fazia programa e nem era puta, a mulher me perguntou: quer se nossa amante, do casal? respondi que sim, então aceita o dinheiro, ok aceitei e me tornei a amante do casal daquele dia em diante.

2 Responses to “Como me tornei amante de um casal (conte de Bruna F.)”

  1. LeticiaFilla on 18 de abril de 2017 @ 20:48

    Que delicia de conto!!! 🙂

  2. cesar1993olimpia on 19 de abril de 2017 @ 18:41

    ola boa noite, me chamo cesar, sou noivo gosto de swing mais tudo com respeito, quem tiver afim de sair pra conhecer trocar fotos e videos com minha esposa chame.
    41 9571 6548

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa