Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

Enviar Conto

COMI MINHA MÃE NA PRAIA

  • Enviado: 4 de novembro de 2002 03:06

Corpo do conto

Oi meu nome é Maurício tenho 19 anos,moro com meus pais e um irmão,bom vamos ao que onteressa,meu objeto de desejo é minha mãe,seu nome é Paula,tem 38 anos bem cuidados,os peitos são grandes e fartos,a bunda dela é uma delícia,grande e empinada,o corpo é de uma potranca,é muito gostosa,passei minha adolêcencia toda batendo várias punhetas em sua homenagem,sonhava trepando com ela em várias pisições e lugares,eu a acho muito deliciosa para ser minha mãe,ela se cuida muito,uma vez ela assistia um filme até tarde e dormiu no sofá,ela estava de camisola,sentei perto dela e arre bitei um pouco sua camisola,nossa que bunda enorme,tirei meu pau para fora e puz de leve na boca dela,nossa quase gozei na cara dela,corri para o banheiro e bati a maior punheta da minha vida,gozei muito,outra vez,como tinha mania de espiar ela tomando banho,vi aquele tesuda,se ensaboando e se masturbando,nossa que maravilha,ela enfiava os dedos no grelho dela,gemia de virar os olhos,ela socava o dedo lá dentro,gemia de prazer:ahhhhh,rola,aiii,booom,meu corri para o funfo do quintal e bati a maior punheta,gozei gritando o nome dela,chegando no final de semana,fomos a praia,minha família e o meu tia e tia,como só iamos ficar um dia,fomos para Praia Grande,não tinhamos onde guardar nossas coisas e nem se trocar,tivemos que pagar para usar o banheiro de um quiosque,para enconomizar,meu pai entrou com meu irmão e se trocaram e foram arrumar nossas coisas,que era um pouco longe dali,para minha supresa minha tia entrou com meu tio e sobrou eu e minha ~mãe para se trocar,meus tios foram de encontro ao meu pai e meu irmão,foquei estático,ia trocar de roupa junto com a mulher dos meus sonhos eroticos,ela estava de shorti que mal cabia sua bundona gostosa e de camiseta com os peitos com os bicos empinadinhos,ela disse vamos e entramos,o banheiro era pequeno,já estava colocando as mãos no rosto para minha mãe se trocar,mas ela nem esperou,tirou o shorti e quando olhei para trás aquela gostosa,de calcinha rosa na minha frente,ela olhou para mim e disse:se troca logo,ela nem se tocava que estava me matando de desejo,ela tirou a camiseta e só ficou de calcinha,com os peitos a mostra,como são enormes,tirei minha calça para por uma bermuda,mas meu pau estava duro como ferro,ela pegava o maiô da bolsa,quando viu meu pau duríssimo,ela espantou e disse:nossa,filhinho,que pica dura é essa na minha frente,eu disse que se ela fosse eu também ficaria daquele jeito,ao ver uma potranca que nem ela,ela agradeceu,tirou a calcinha e abaixou para pegar o maiô,aquele bundão abertão na minha frente,nossa minha mãe tava querendo dar para mim,tinha que ser agora,falei mãe te quero,elaa olhou para mim com cara de safada e disse:to numa seca danada,vem filhinho que fique só entre nós ouviu,faz mamaezinha gemer,tirei minha cueca e camisa,ela agarrou meu pau e começou a chupar forte,agarrei ela pelos cabelos e puxava,depois puz ela de quatro na pia velha daquele banheiro,lambi bem sua bucetona cabeluda,ela rebolava pedindo rola:ahhhh,bom,vai,lamber,quero sua rola,ahhh,vai,encochei nela,agarrei-a pelos peitões e enfiei a rola com tudo,entrou até as bolas,engatei dum jeito que ela se arreganhava toda:ahhhhhh,pica gostosa,quero mais,ahhhh,loucura,uiiii,meu bem,vaiiii,bombei muito,fudia muito nela,arrebitava a bundona para mim a safada,suspendia as pernas dela de tanto comer ela,aumentei as bombadas:ahhhh,maeeeee,vou gozar na senhora,ahhhh,posso gozar dentro,aiii,delicia,ela toda extasiada:pode,aiii,enche minha buceta de porra,aaahhh,nãooo,deixa escapar,nada,aiii,filhinho,filhinho,to gozannnnndo,eu loucão de tesão,me sentindo realizado,eu tambémmmmm,ahhhh,gozannnnnnndo,maeeeeee,gozamos juntos,gozei que nem louco,enchi muito sua buceta de porra,nossa como gozei,nossas pernas estavam bambas,ela só disse:nossa que loucura,mas nada nos limpamos e nos trocamos,ninguém desconfiou de nada,ficamos sem nos falar o dia inteiro,chegou a tarde ela foi numa lojinha comprar roupas,foi com a minha tia,depois minha tia veio dizendo para eu ir lá,que ela queria comprar uma roupa para mim,entramos na loja,ela comprou uma saia e foi no vestiário se vestir,ela me chamou para ver como ficou,entrei,ela estava peladona e falou:fecha com o trinco e vem meu garanhão,eu quero mais rola,nem pensei duas vezes,tirei a bermuda,agarrei demos um beijo de tirar o folêgo,encostei ela na parede,abri suas pernas e a suspendir,meti a rola nela,para não fazer barulho,ficamos nos beijando,trepamos rápido que nem cachorro,aquele jogo era uma delícia,ela tava entregue:ahhh,vaiiii,uiiii,to gozaaano,meu amor,metia bem rápido,a safada aguentava:ahhh,também,to,gozannnndo,ahhhh,deliciosa,gozei dentro dela de novo,nos vestimos,ela saiu toda melada de porra por baicho da saia,depois ficavamos só nos olhando,voltamos para casa,meu pai e meu irmão foramlevar meus tios em sua casa,falei que estava cansado,minha mãe também disse,ela estava de vestidão,ele nos deixou em casa primeiro e foi levar meus tios,entramos pelo quintal só nos olhamos,abri a porta que da acesso a cozinha,peguei a no colo joguei-a em cima da mesa,levantei sua saia e dei puxão na sua calcinha,sem vergonha já estava toda molhada,chupei aquele bucetão para caramba,depois soquei a rola nela,metiamos selvagelmente,abaixei as alças de seu vestido e dava cada chupão nos peitos dela,que ficava as marcas,ela nem ligava,so gemia e implorava por rola,fudemos para caramba em cima dauela mesa,gozamos gritanto que nem loucos,enchi ela de porra de novo,depois nos beijamos e fomos se lavar,lá eu comi o cuzinho dela,ficou de quatro em frente a pia e bem molhada comi aquele cuzinho virgem,que nunca levou rola,o cuzinho apertado,ela só gritava:ahhh,vou dá sempre para você,meu macho,meu gostoso,ahhhh,também estava adorando foder com ela:ahhhhhh,minha rola é sua,ahhhh,vou te comer sempre,to gozaooooooodo,gozamos muito,depois disso sempre transamos muito,em lugares exóticos e sem dá bandeira,nossa exitação era tanta que comi ela no quintal,com a família reunida na sala de casa,nosso tesào não tem limites.Esperam que tenham gostado,resolvi deixar meu e-mail,para quem gosta de sexo,contos picantes e experiencias sexuais íncriveis,quem quiser se comunicar e relatar e receber relatos picantes e sem limites,nosso e-mail é shoran.sexo@uol.com.br

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa