Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

BRUTUS ARROMBOU MINHA ESPOSA

  • Enviado: 14 de janeiro de 2008 14:41

Corpo do conto

Tenho escrito outros contos que relatam as transas de minha esposa Edna com nossos dois cães, que podem ser lidos neste site. Este aconteceu agora entre o natal e o ano novo, estavamos em férias com nossas duas filhas e meus sogros, já estavamos a quase tres semanas fora de casa e minha esposa Edna e eu embora estivessemos transando quase todos os dias não viamos a hora de poder voltar pra casa e fazermos Edna transar com um dos cães que é a única forma com que ela se satisfaz plenamente ficando totalmente saciada, comigo ela goza, com os cães ela simplesmente enlouquece, me levando tambem a um alto grau de excitação de ver como ela aceita e anseia em ser penetrada brutalmente por seus machos caninos que a submetem totalmente. Tinhamos mais 15 dias de férias pela frente e eu sugeri à Edna que ela falasse com sua mãe para ficar um dia com nossas filhas que nós tinhamos problemas pra resolver em nossa chacara. Edna radiante falou imediatamente com sua mãe e no dia seguinte bem cedo rumamos pra nossa chacara,ali Edna encontraria o que realmente estava precisando,Brutus,nosso enorme cão mastin ingles que pesa 87 kg,tem 90 cm de altura, e tem um cacete monstruoso,grande,grosso e tem em nó que já medimos e tem o diametro equivalente a duas bolas de tenis,uma ao lado da outra, é realmente gigantesco.No caminho Edna não escondia sua ansiedade em chegar o mais rapido possível e ia falando:”amor tô toda molhada,será que ele vai me querer como sempre?,será que vai fazer daquele jeito bem forte que eu adoro? quero que ele esteja com aquele apetite sexual pra me devorar todinha,quero ficar trelada nele todo o tempo que ele quiser.” Edna falava se excitava e me excitava demais,eeu j´´a estava quase gozando no carro com uma ereção fortíssima,mas segurei para aguardar a hora certa.Eram 9:00 hs da manha quando entramos na chacara.Imediatamente Edna girou a cabeça em todas as direçoes procurando por seu amante gigante,até que ele apareceu com o rabo abanando quase sorrindo quando viu sua cadela preferida e única.Eu tambem estava ancioso e sem perda de tempo imediatamente entramos na casa e com Brutus junto de nós fomos para o quarto que é onde Edna gosta de ser coberta,porem no quarto desta casa seria a primeira vez,sempre fazemos no quarto onde moramos.Minha esposa estava desesperada e foi ficando completamente nua na frente do seu macho, Brutus tambem estava inquieto e já com a ponta de seu enorme cacete pra fora da capa, eu tambem não via a hora da cópula acontecer,apenas um pouco preocupado com a integridade física de Edna pois todos estavamos com o tesão a mil e Brutus sendo um animal enorme não poderia ser contido depois que montasse em sua sedenta fêmea.Ainda com um resto de razão consegui revestir, as patas do cão pra ele não dilacerar as ancas e as coxas de Edna enquanto ela colocava duas almofadas junto à cama pra poder ficar de quatro com o abdomem apoiado na cama como ela gosta,quando ólho Edna já está na posição pra ser coberta, eu ainda com dificuldade seguro o animal perto de mim pra terminar de revestir suas patas,Edna está posicionada e pela primeira vez na vida vejo seu sexo pingando, gotejando em cima das almofadas,estava totalmente no cio, o cheiro de sexo era intenso e Brutus se desvencilhando de mim partiu com tudo pra cima de Edna, seu corpo peludo cobriu totalmente minha esposa e com as patas dianteiras puxou violentamente Edna pra junto de sí, Edna não conteve um grito que foi abafado por sua boca no colchão da cama e cravando as unhas no lençol suspirou profundamente quando a primeira estocada do membro animal abriu caminho entre seus lábios vaginais,embora o ato estivesse em alto grau de violencia não intervi pois é assim que Edna quer e gosta,Brutus puxava cada vez mais Edna ao seu encontro,as coxas e as nádegas de minha esposa trepidavam a cada golpe de seu membro vigoroso que se aprofundava mais e mais em suas profundezas fustigando impiedosamente o ffundo de sua cavidade vaginal, Edna suplicava:”faz meu macho, faz ,fazzz, bem forte,bem fundo, assim, assimmmm,ohh! assimm, mais fundo vem, assimmmm domina tudo,completa a posse, assimmmm, atola tudo bem fundo, no útero,assimmm,estufa essa bola enorme que voce tem,aqui dentro, assimmm alarga tudo, issoooo, meu macho tá rasgando a buceta da fêmea, assimmm ,ta tudo acoplado, engatou, trelou ,agora meu amor fica dentro, quanto quiser, sou sua, a natureza canina se faz, tô presa a voce,despeja tudo em mim, assim, vai injetando sêmem na femea, asimmm ,despeja mais, quero tudo,quero toda sua virilidade dentro de mim, asimmmm.”

Vendo aquele aato viril, uma posse violenta,mas totalmente assimilada por Edna que gozava copiosamente, eu sem tocar em meu cacete tive uma enorme ejaculação, Brutus agora bunda com bunda com Edna ainda estava acoplado e minha esposa sedenta por um cacete canino tinha inúmeros orgasmos.Alguns minutos depois Brutus se retira de dentro de Edna,aquele pau ainda está enorme e já diminuira bastante pra poder desacoplar,incredulo, não entendo como Edna suporta aquilo, sua vagina agora está enorme os labios vaginais inchados e arroxeados estão expostos, Edna diz:”olha amor, vê o que ele fez, minha buceta tá enorme,tô cheia de sêmem do meu macho, meu útero ta cheio e eu amo isso amor, vem aqui, vem despeja agora seu sêmem aqui dentro tambem, vem”, sem esperar mais nada atolei meu pau naquela buceta febril e gozei fartamente, Edna pra variar gozou novamente. Eram 11:00 hs e tinhamos ainda um longo dia pela frente, Edna,totalmente submissa ao seu macho deixou que Brutus fizesse tudo novamente mais duas vêzes naquele dia e voltamos pra nossas férias com Edna entupida de sêmem animal,com a buceta enorme e plenamente feliz e saciada.

Depois eu conto mais, se gostarem votem para eu poder avaliar o interesse.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: hotmarrius
  • Membro desde: 2 de abril de 2005

Outros contos de autoria deste autor hotmarrius

Ultimos contos escritos por hotmarrius »

Pesquisa