Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Betão em minha casa

  • Enviado: 10 de fevereiro de 2014 18:58

Corpo do conto

Ola pessoal, acho que ainda se lembram de mim né, morena clara 1,68 Olhos castanho claros Cabelos pretos lisos Busto: 90 cm Cintura: 60 cm Quadril: 98 cm, mas vamos ao que interessa. Depois de ter mudado pra casa nova por causa da transferência do meu esposo, em um belo fim de semana recebo uma visita inesperada Betão e Marta, era um sábado a tarde estava tranquila em casa, meu esposo viajou pra resolver uns problemas da empresa.
Eles chegaram lá em casa mesmo sem esperar os recebi super bem, aí me explicaram que tinham vindo resolver umas coisas na cidade e ficou tarde e não queriam viajar a noite, e pensaram em ir lá pra casa fiz questão que ficassem, fiquei na sala conversando com Marta, mais tarde saímos fizemos um lanche na rua. Quando retornamos pra casa Marta disse que precisava de um banho e depois iria descansar pois estava exausta, e assim o fez e betão foi com ela, fiquei na sala assistindo TV, mais tarde betão se aproxima senta perto de mim e começa a dizer que esta morrendo de saudade, olho para ele e digo você esta ficando louco sua esposa está ali no quarto ao lado se ela nos pega estamos fodidos, ele sorri e diz não se preocupe ela tomou um remédio pra dormir ela apaga não com que se preocupar me levanto vou em direção a cozinha dizendo que não (mas na verdade estava louca de vontade sentir seu cacetão na minha buceta novamente).
Ele veio atrás de mim eu estava na pia tomando água ele me abraçou por trás estava só de calção e senti aquela rola rosando minha bunda, eu dizendo pra ele parar, ele falando no meu ouvido, vai dizer que não sentiu saudade de mim, fiquei muda não quis encher a bola dele. Ele começou beijando meu pescoço minha nuca e acariciando meus seios, eu não sou ferro me derreti toda e me entreguei ele me encoxava gostoso sentia seu pau cutucando minha bunda e fiquei logo molhadinha sentia um calor enorme na xana que escorria tamanha excitação, ele enfiou a mão na frente levando-a ate minha xana e constatou o quanto eu estava molhada atolou um dedo me fazendo soltar um gemido de tesão, tirou a mão me virou de frente chupou o dedo deu uma risadinha e disse: não falei que você também estava com saudade. Me tascou um beijo demorado e gostoso, e perguntou estava ou não? Abaixei-me na sua frente desci seu calção e constatei que estava sem cueca, olhei pra cara dele e disse safado de uma figa, abocanhei seu pau e suguei a cabeça que estava toda melada com seu sêmem ele delirava e gemia, coloquei a cabeça na boca e fiquei punhetando e olhando pra cara de prazer dele ele se contorcia todo com as lambidas que eu dava na cabeça de sua piroca, olhei pra ele e perguntei isso responde sua pergunta? Ele responde e como responde me levantou pegou-me no colo e levou-me até a sala beijando-me e eu que não sou besta fui com a mão batendo uma punheta pra ele. Chegando na sala colocou-me no sofá e mandou-me ficar de quatro e obedeci prontamente, tirou meu baby-doll, é só o que uso pra dormir, foi chupando minha xana ensopada de tesão e desejo enfiando a língua nela e o dedo no meu cuzinho, depois de me fazer gozar na sua língua deu uma esfregada com sua rola na minha buceta e foi penetrando devagar forçou um pouco pra entrar a cabeça depois que passou soltei um gemido, ele então parou e ficou ali admirando minha xana abocanhando seu cacete, não resesti e comecei a rebolar no seu pau rebolava e empurrava meu corpo contra o dele eu ia ate a metade e voltava, até que num impulso ele me segurou pela cintura e começou a socar sem dó e eu comecei a gozar naquele pauzao ele metia com força e eu totalmente entregue gozando sem parar ele manteve um ritmo frenético e muito gostoso, eu passava a mão pela porta da minha xana e sentia ela totalmente preenchida que sensação maravilhosa. Derrepente ele tirou da minha xana e tentou por no meu cuzinho pulei pra frente e disse hoje não,amanha tenho entrevista de emprego e preciso me sentar direito da última vez que ele fodeu meu rabo fiquei dias sentando de lado, disse a ele pra se deitar no sofá, e eu fui por cima e comecei a cavalgar eu rebolava em cima dele delirando com cada cm do seu pau na minha xana, quando ele me avisou que estava prestes a gozar, desci rapidamente cai de boca fui chupando e punhetando até senti-lo gozar na minha boca tirei da boca e deixei ele gozar nos meus seios limpei seu pau bem direitinho, falei precisamos de um banho,e ele falou e verdade amanha levanto cedo pra voltar pra casa dei-lhe mais um beijo peguei minhas coisas e fui pro meu quarto.
Na manha seguinte nos levantamos cedo preparei o café Marta disse que tinha tido uma noite maravilhosa eu disse eu também Betão nem falou nada tomaram o café e foram-se prometendo voltar eu espero que voltem mesmo, fiquei morrendo de vontade de sentir aquela tora no meu rabiho.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: MILA33
  • Membro desde: 30 de dezembro de 2013

Outros contos de autoria deste autor MILA33

Ultimos contos escritos por MILA33 »

Pesquisa