Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Tipo do usuario: guest

Bendita Eleição

  • Enviado: 4 de outubro de 2010 17:47

Corpo do conto

Bentida eleição

Minha esposa, 32 anos loira natural ,54 kilos,olhos azuis, seios médios , uma bundinha maravilhosa em um corpo malhado, pois ela vai a academia todos os dias. Estamos casados há oito anos com um casal de filhos. Ela tem uma irmã gêmea idêntica também casada e como nós também com um casal de filhos e que hoje mora com seu esposo no interior do Paraná e no ultimo telefonema entre as duas disse que iria vir para votar nesta eleição e aproveitar e rever os parentes, pois toda a família mora aqui em nossa cidade sábado de manhã estava no trabalho quando minha esposa ligou falando que sua irmã tinha chegado com as crianças e que seu esposo não pode vir e que elas iriam levar as crianças até a casa de sua mãe e depois iria a um shopping. Quando elas chegaram eu já estava de banho tomado de shorts e camiseta, minha cunhada veio em minha direção me dando aquele abraço e um beijinho no canto da boca … Meu pau subiu na hora. E ela percebeu e deu um belo sorriso. Elas foram tomar banho minha esposa na suíte e minha cunhada no social. Quando eu entrei no quarto minha esposa estava em frente ao espelho nua e linda como sempre eu cheguei por trás e fui beijando sua nuca que ela adora e fica toda arrepiada puxei ela para a cama e abrindo suas pernas comecei a chupar sua buceta toda raspadinha que já estava molhadinha e cada chupada que eu dava em seu grelo ela gemia baixinho coloquei um dedo no seu cuzinho, pois ela adora e continuei com minha língua no seu grelinho ela foi a loucura, até que gozou na minha boca. Gemendo e gritando muito ou ela esqueceu ou não tinha se importado com a presença de sua irmã no outro quarto… Ela colocou uma mini saia e um top e fomos para a sala, minha cunhada já se encontrava lá estava linda, com um vestido branco bem leve e sem sutiã onde realçava os bicos do seus seios… Levantou a cabeça e passou a língua na boca, toda risonha, e seus olhos diziam… Quero te dar! Fomos lanchar e depois deixei as duas na cozinha e fui para a sala. Quando minha cunhada falou nossa que bela trepada em irmã fiquei morrendo de inveja e minha esposa falou você não faz isso com seu marido? e ela respondeu: ” quem me dera ele não me procura já faz um tempão!” Eu ouvindo aquilo “Pensei como um homem tendo um mulherão como minha cunhada não faz sexo com ela”. Ouvi minha cunhada chorando no ombro de minha esposa então resolvi agir coloquei uma musica bem suave, fui até a cozinha peguei em sua mão e levei ela até a sala e começamos a dançar, o meu pau já estava duro ela encostou a cabeça no meu ombro e eu a puxei de encontro a meu corpo, sentia sua respiração ofegante e eu tenho certeza que ela sentia meu pau duro encostar no seu corpo, pois senti ela se mexendo encostando ainda mais sua buceta no meu pau. Olhei para minha esposa que com um sorriso me deu sinal verde para continuar, então apertei de leve sua bunda levei minha mão e comecei a levantar seu vestido e passar a mão em suas coxas, minha cunhada começou a gemer baixinho. Olhei para minha esposa e ela estava no sofá com uma mão dentro da calcinha batendo uma siririca e a outra em seus seios… então dei um beijo em minha cunhada que correspondeu na hora fui beijando seu pescoço e descendo a alça de seu vestido que ao cair deixou um lindo par de seios que eu passei a chupar com muita vontade levei minha mão até sua bucetinha e sua calcinha estava encharcada, minha cunhada rebolava e gemia bem mais alto agora ela foi ajoelhando e puxou meu short fazendo meu pau pular a sua frente e dando uns beijinhos foi colocando na sua boquinha chupava maravilhosamente, minha esposa veio e me deu um beijo e passou a dividir meu pau com sua irmã, eu senti que não ia agüentar, e para não gozar pedi a minha cunhada para chupar sua buceta que ela atendeu na hora tirou sua calcinha e deitando no tapete abriu suas pernas, comecei a beijar seus pezinhos suas coxas e quando cheguei em sua buceta ela gemia gostoso comecei a passar minha língua no seu clitóris, e a chupar com vontade sua buceta enquanto minha esposa chupava seus seios, ela gozou violentamente e rebolando esfregava sua buceta na minha boca, ela pediu para cavalgar meu cacete, então eu deitei no tapete e ela veio e encaixou sua buceta que estava toda gozada, descendo seu corpo enterrou meu pau de uma vez começando uma cavalgada maravilhosa, começou a rebolar e gozava gritando estava descontrolada que delicia gemia e gritava que minha esposa até ficou assustada. Depois agarrou minha esposa e deu um beijo e chupou os seios dela indo parar em sua buceta, fazendo ela também gozar gostoso… Agora é minha vez e as duas ficaram de joelho no sofá deixando seus cuzinhos bem a mostra, eu então coloquei primeiro o pau no buraquinho da minha esposa e depois no da minha cunhada, e ficava revezando entre as duas e quando eu disse que ia gozar, minha esposa pediu para eu gozar no rabinho da sua Irmã, e eu enchi o cuzinho da minha cunhada de porra. Que num belo beijo de língua agradeceu muito a irmã pela bela trepada que nós tivemos com ela…Foi quando minha esposa se lembrou das crianças e nos resolvemos pedir a sua mãe para elas dormirem lá. Que nós no dia seguinte iríamos votar bem cedo. E sua mãe concordou, fomos tomar um banho gostoso, e caímos na cama eu no meio delas que começaram tudo de novo, mas agora bem mais devagar porque ninguém é de ferro…

No Responses to “Bendita Eleição”

  1. o cara sortudo

  2. q conto excitante….muito bom…abraossss

  3. MUITO LEGAL MESMO

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa