Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

Tipo do usuario: guest

A primeira troca de casais

  • Enviado: 3 de junho de 2002 06:02

Corpo do conto

Somos casados, ambos 35 anos e sempre tivemos uma vida sexual normal, ou seja, a dois. Foi porém numa viagem que descobrimos o prazer do sexo com outras pessoas. Minha mulher sempre muito extrovertida, grandes peitos, coxas grossas e um púbis anorme, em mais um dia em nosso clube encontra uma amiga que há muito não a via e combinaram que no próximo final de semana nós quatro iríamos para o litoral em seu apartamento. O que não posso dexiar de contar é que seu noivo e eu não estávamos no clube, aliás eu não conhecia sua amiga e nem eles a mim, mas mesmo assim aceitei o convite. No próximo sábado pela manhã nos encontramos num local pré-determinado e cada um com seu carro fomos ao litoral. Ao ser apresentado a eles tive um choque: a amiga de minha mulher tinha 25 anos, seios maravilhosos, ja que estava com uma blusa meio apertada e assim pude também ver que estava sem sutiã e com bicos tentadoramente querendo sair. Suas pernas mostradas por uma mini saia eram bronzeadas e grossas. Enfim uma mulher muito gostosa. Seu noivo, embora não sou chegado a homem, posso dizer que era também um tipão, comentário feito pela minha mulher no caminho da viagem. Fomos então para a praia e nos divertimos muito durante o dia onde pude apreciar melhor o corpo da amiga e ficar com tesão por ela, mas sem imaginar o que poderia acontecer logo mais a noite. O apartamento era simples, porém muito bonito, possuindo apenas um quarto, uma sala, cozinha e banheiro. Não possuía cama, apenas colchões jogados no quarto e na sala. Já terde da noite nossos anfitriões nos ofereceram o quarto para dormir enquanto eles ficaríam com a sala. Já de madrugada, por volta da 3 horas levantei para ir até a cozinha tomar água e como durmo nú, coloquei uma cueca samba canção e disse a minha mulher que iria tomar água, já que ela também acordou com meus movimentos. Ao chegar na cozinha, que era perto da sala, quase tive um desmaio! Ambos nús, ele estava deitado de costas e sua noiva com sua buceta encaixada em seu pau, virados para onde eu estava, portanto não me viram, transando gostosamente. Imediatamente fiquei com meu pau duro e fiquei olhando aquela cena maravilhosa e enquanto me masturbava lentamente, minha mulher quiz saber o motivo de minha demora e quando a vi ela estava também olhando aquela cena, mas nua. Abracei-a por tras e ja com o pau para fora fiquei roçando em sua bunda, porém nós dois ainda em silêncio para não sermos vistos. De repente o pau de nosso amigo sai da buceta e pudemos ver como era grande e grosso, mais que o meu, ainda que o meu tenha 18cm. Minha mulher soltou um gemido de prazer ao ver o outro pau que me deixou louco e que despertou nossos amigos da transa. Eles então pararam a transa e nos chamaram para ficar ali ao lado deles e a excitação era tanta que fomos e comecei a transar com minha mulher enquanto eles observavam. Não sei o que aconteceu nesse momento, talvez a exitação de minha mulher, mas ela com carinho, começou a alisar o pau de nosso amigo. Ao ver isto minha excitação cresceu e minha mulher percebeu. Ela então puxou outro pau mais para si e abocanhou-o por inteiro. Ouvindo meu gemido de prazer com aquela cena ela começou a chupá-lo gostosamente, onde não resisti e gozei violentamente em sua buceta e caí para o lado. Nossa amiga que até então só observava e se masturbava com tudo aquilo, ao ver a buceta de minha mulher ali, toda aberta, caiu de boca e chupou gostosamente. Com essas chupadas na buceta, minha mulher largou o pau e gozou gritando e dizendo que aquilo era maravilhoso. Nosso amigo então tratou de enfiar na buceta de sua noiva por trás e a fez gozar também, mas ele ainda não tinha gozado, então com muito carinho virou minha mulher e colocou-a de 4 e começo a enfiar em sua buceta. Aquele cacete grosso entrando na buceta que até agora só havia sido minha causou-me um tesão enorme e já estando de pau duro novamente coloquei também nossa amiga de 4 e comecei e chupar sua buceta, que ja estava toda molhada e assim molhei todo o meu rosto. Coloquei meu pau em sua buceta e brinquei com o seu cu com meus dedos. Assim gozamos os quatro fazendo uma verdadeira gritaria dentro daquele apartamento. Sem dizer nenhuma palavra, eu e minha mulher nos levantamos e retornamos para o quarto e deitados olhando um para o outro nos excitamos e transamos gostoso, porém agora só nós dois. Dormimos e na manhã seguinte o café da manhã também foi muito especial, porem fica para uma próxima vez.

Márcio e Sandra

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Sobre este autor

  • Escritos por: belo
  • Membro desde: 19 de junho de 2003

Outros contos de autoria deste autor belo

Ultimos contos escritos por belo »

Pesquisa