Welcome, visitor! [ Register | Loginrss

As melhores acompanhantes do Rio de Janeiro estão aqui! hotside.com.br

A calcinha da Prima na Virada do Ano

  • Enviado: 21 de janeiro de 2004 13:58

Corpo do conto

Tudo comecou no final do ano passado (2003), era o ultimo dia do ano, fomos passar na casa de meus tios, que tem 4 filhos, sendo dois homens e duas mulheres, os garotos, tinham ido viajar com suas namoradas, tinha ficado apenas as meninas, a Diana e a Paula, vou descreve-las para que se tenha uma nocao, a Diana, tem 16 anos, branca, tem 1,70 de altura, peitinhos pequenos, mas em compensacao, tem uma bunda maravilhosa, redondinha, com uma cinturinha fininha, que parece um pilaozinho. Fazia muito tempo que nao as via, na utlima vez, eram muito pirralhas, mas agora estavam uma delicia. A Paula, tinha 18 anos +/- 1,60cm de altura, bundona grande, coxas grossas, ao contrario de Diana, esta tem uma comissao de frente tamanho GGG, muito gostosa, e bem safadinha.

Cheguei com meus pais e minha irma eram umas 18:00hs, ainda nao haviam tomado banho ainda, a Diana estava saindo do banho, nisso, estava com a bexiga cheia, pois nao paramos durante a viajem, mas como a DI estava no banho, tive de esperar uq ela saisse para poder aliviar minha bexiga. Quando entrei no banheiro, pude observar um cesto de roupas, nesta hora meu coracao bateu a mil, pois imaginei que pudesse ter uma calcinha recem tirada com cheirinho de bucetinha. BINGO!!! Tinha uma calcinha cor de laranja de algodao, daquelas com uma carinha desenhada atraz, no meinho dela aquela manchinha amareladinha e molhadinha, levei instintivamente ao meu nariz, nesta hora nem lembrava que queria dar uma mijada, meu pau ficou duro como ferro e meus pensamentos comecaram a voar, imaginando aquela bucetinha maravilhosa, que a poucos instantes estava colada aquele tecido, coloquei meu pau para fora e comecei a bater uma bronha enquanto sentia o cheirinho de seu cuzinho e de sua bucetinha, nao me contive e passei lamber aquela secrecao que marcava a calcinha, explodi em um gozo, que limpei com a calcinha. Depois disso sai do banheiro e curtimos a festa, bebemos bastante e depois de muit cachaca, comecamos a flar besteiras, so que dest vez que estava comigo era a Paula, eu estava loco para coe-la, mas ela apenas me instigava, me deixando louco de tesao, falava como gostava de dar…entre outars coisas do tipo… Mas a FDP, nao quiz dar para mim, pois somos primos e ela nao achava isto certo… Depois de um tempo Paula disse que iria tomar um banho e dormir, pois estava muito cansada, logo após o seu banho, entrei correndo no banheiro, fui direto ao cesto de roupas sujas atras de uma prenda. BINGO de novo!!!! Pude encontrar uma calcinha vermelinha de veu, que era minuscula, mas muito pequena mesmo, fiquei imaginando aquilo deveria se perder no meiod etanta bunda, e para a minha surpresa, estava totalmente melado, mas muito melado mesmo… A putinha estava molhadinha com a nossa conversa, chupei aquela calcinha lambi muito e batia uma punheta louca, quando gozei, o fiz na calcinha, deixado-a toda melecada de minha porra, dobrei a calcinha e coloquei no quarto de Paula. No dia seguinte, todos estavam de ressaca, e por isso nao levantaram muito cedo, execeto Paula, que foi tirar satisfacoes de sua clacinha comigo, me acordando e me levando para o banheiro…. Mas aí é outra historia, que conto depois

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Para entrar em contato com este autor preencha o formulario abaixo e clique em enviar.

Pesquisa